Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1705
Título: Influência do treino na resposta adaptativa cardiorespiratória em jovens futebolistas e nadadores
Outros títulos: Training influence in cardiorespiratory adaptative response of young soccer players and swimmers
Autor: Madeira, Raquel Maria Santos Barreto Sajara
Orientador: Pereira, José Henrique Fuentes Gomes
Palavras-chave: Coração de atleta
Ecocardiograma
Função cardíaca
Hipertrofia do VE
Vo2max
Data de Defesa: 15-Jan-2010
Resumo: Objectivo: determinação do efeito do treino desportivo na morfologia e função do ventrículo esquerdo (VE) em repouso bem como a análise da relação entre a dimensão/função do VE e o VO2max em atletas jovens. Caracterização antropomética e de composição corporal, avaliação das medidas de dimensão da estrutura cardíaca, função sistólica e diastólica do ventrículo esquerdo e desempenho em prova de esforço máximo, foram estudadas em 24 rapazes, nadadores (N) e futebolistas (F). Todas as variáveis foram normalizadas alométricamente para as diferenças antropométricas. Verificou-se, em ambos os grupos, um padrão excêntrico de hipertrofia ventricular com valores mais importantes no grupo de nadadores. O grupo de nadadores mostrou maior dilatação cavitária e volume sistólico em repouso superior, resultantes provavelmente de melhorias no retorno venoso devido a maior incidência e volume do treino aeróbio. As diferenças entre os grupos mantiveram-se após correcção alométrica para as diferenças na dimensão e composição corporal. O grupo F apresentou valores de aumento do VE superiores ao grupo N. A dimensão do VE correlaciona-se com o VO2max e o diâmetro do VE em diástole apresenta-se como o seu factor determinante.
The purpose of this study was to determine, at rest, the effect of sports training on left ventricle (LV) morphology and function and to analyse the relationship between LV dimensions/function and VO2max in young athletes boys. Antropometric measurements, estimation of body composition, resting M–mode 2-D echocardiography and a treadmill running protocol were performed in twenty four boys, swimmers and soccer players. All variables were scaled allometrically for individual differences in anthropometrical data. Both groups showed an eccentric LV hypertrophy pattern. Swimmers, in particular, revealed high levels of cavitary dilation and systolic volume at rest, congruent to a better venous return due to higher incidence and volume of aerobic training. Differences between groups persisted after allometric correction for body dimensions. Soccer group displayed significantly greater mean values for relative end–diastolic wall thickness. Heart size was highly correlated with VO2max, and end–diastolic LV internal chamber dimension was the main VO2max determinant factor. The relationship between estimated diastolic function and VO2max suggests that the maximal heart pumping capacity during exercise is associated by LV volume at end–diastole during rest.
Descrição: Doutoramento em Motricidade Humana na especialidade de Ciências do Desporto
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1705
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1.Raquel BS Madeira 2010 Capa definitiva.pdfCapa145,68 kBAdobe PDFVer/Abrir
2. Raquel BS Madeira2010 Agradecimentos, resumos e indices (Doutoramento DD).pdfAgradecimentos50,48 kBAdobe PDFVer/Abrir
3. Raquel BS Madeira 2010Corpo de texto e anexos (doutoramento DD).pdfDocumento principal984,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.