Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1700
Título: Critérios na escolha dos diferentes exames complementares na obtenção de um diagnóstico em medicina veterinária do cão e do gato
Autor: Pires, Vera Mónica Fernandes
Orientador: Mestre, Manuel A. Barradas
Oliveira, José Manuel Manuel Chéu Limão
Palavras-chave: Exames complementares
Escolha
Exame clínico
Protocolos
Limitações
Complementary tests
Selection
Limitations
Clinical examination
Protocols
Data de Defesa: 2010
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Pires, V.M.F. (2010). Critérios na escolha dos diferentes exames complementares na obtenção de um diagnóstico em medicina veterinária do cão e do gato. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Os exames complementares de diagnóstico definem-se como métodos de observação indirecta do paciente. Se usados de forma correcta, facilitam e orientam a obtenção do diagnóstico, do prognóstico e do plano terapêutico. A sua importância na medicina veterinária actual é inquestionável, de tal forma que se considera o recurso a testes de diagnóstico tão importante para o acto clínico como o exame físico do animal. A obtenção de uma história clínica e métodos de examinação concisos vão permitir seleccionar de forma mais criteriosa os exames laboratoriais a executar. Protocolos de abordagem de diferentes casos clínicos são muitas vezes necessários para se obter o sucesso diagnóstico. O desafio para o clínico é decidir quais os testes que poderão ser de maior utilidade no processo de diagnóstico, aqueles que poderão acrescentar informação relevante ao processo. O médico veterinário precisa de conhecer e compreender as capacidades e as limitações dos instrumentos de diagnóstico laboratoriais, para assim poder tomar as melhores, e mais informadas, decisões clínicas. Requisitar desadequadamente testes diagnósticos não é uma boa prática clínica. Este tipo de procedimento pode aumentar de forma directa e inaceitável o custo das intervenções médicas ou o tempo gasto a tentar perceber resultados pouco relevantes para o caso clínico em questão. Frequentemente, durante a utilização de exames complementares de diagnóstico, são cometidos erros. Esses erros podem traduzir-se não só na escolha do próprio exame a realizar, mas também em falhas cometidas pelo clínico durante a sua execução ou na avaliação e interpretação dos resultados obtidos. Desta forma, factos importantes precisam ser recordados quando se considera a utilização de testes de diagnóstico: o médico veterinário deve apresentar conhecimentos teóricos suficientes para poder perceber o caso clínico, estar familiarizado com os testes de diagnóstico, e perceber que os testes não são infalíveis e só devem ser utilizados se o resultado for influenciar o curso da investigação clínica
ABSTRACT - Criteria for choosing different complementary tests in order to achieve a diagnosis in Veterinary Medicine of the Dog and the Cat - Diagnostic complementary tests define themselves as methods of indirect observation of the patient. If used in the proper manner, these tests help and point towards the achieving of a diagnostic, a prognostic and a therapeutic plan. Their importance on present veterinary medicine is unquestionable, in such a way that the resort to diagnostic tests is considered as important to the clinician act as the animal physical examination. The gathering of an accurate clinical history and precise examination procedures will allow for a more discerning selection of the laboratory tests to be performed. Approaching protocols of different clinical cases are very often necessary to achieve diagnostic success. The challenge for the clinician is to decide which tests will be the most useful for the diagnostic process, those which can add relevant information to the process. The veterinary needs to know and understand the capacities and limitations of the laboratory diagnostic tools, in order to make the best, and the most informed clinical decisions. Randomly requesting diagnostic tests is not necessarily an adequate clinical practice. This type of procedure may increase directly and unacceptably the cost of the medical intervention or the time spent trying to understand results that are of little relevance for the clinical case itself. Errors frequently occur during the utilization of complementary diagnostic tests. These errors can take place, not only on the selection of the test to perform, but also during the execution of the test, or in the evaluation and interpretation of the results, by the clinician. This way, it is important to remember some important facts when the utilization of diagnostic tests is considered: the clinician should have sufficient theoretical knowledge to understand the clinical case, be familiarized with the diagnostic tests, and understand that these tests are not infallible and should only be used if the results will influence the course of the clinical investigation.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1700
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Vera Pires.pdf9,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.