Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1657
Título: Aproveitamento hidroagricola do Roxo: situação actual e perspectivas de evolução futura
Autor: Nunes, Maria Manuela de Jesus
Orientador: Silva, Francisco Gomes da
Palavras-chave: irrigated public area
economical analysis
water national directive
CAP
water cost
water net benefits
Data de Defesa: 2009
Resumo: The economical analyses of the watering activities in the “Roxo´s irrigated public area” was studied considering the net benefits in result of water distribution transformation, to the entry of the land parcels by gravity, by a pression system. The Roxo perimeter was characterized in detail, regarding the number and type of farms, the crops in production and the principal constraints to the evolution of the region – Expansion and modernization Project of Roxo, Water law and CAP from the year 2003. The Expansion and Modernization Project of Roxo, foresees an increase of beneficiated area, that can go up to 20 000 hectares, that in compliment with the Alqueva-Roxo connection, will give larger availability and regularity in the water supply. Considering the Water National Directive, the introduction of this irrigation technology (water under pression) implies changes in the tariffs, that have to be large enough to consider capital and management of the new system costs, leading to the increase of the water price. Besides this cost, the users will be subject to a water resources fees, as a contribution to the sustainable use of the water. In the future this transformation leads to a decrease in the production costs, except for water costs; it also has an increase in the net benefits for the majority of crops. Pepper and tomato, olive and orange trees are the main crops that will benefit from this system. Rice and unirrigated crops like wheat and barley, have the tendency to disappear, because of negative net benefices, giving place to olive and orange trees. RESUMO ( PORTUGUÊS )- A análise económica das actividades de regadio praticadas no Aproveitamento Hidroagrícola do Roxo é abordada na perspectiva de estimar Benefícios Líquidos, resultantes da transformação da distribuição de água, até à entrada das parcelas, por gravidade para um sistema sob pressão. Na abordagem utilizada caracterizou-se detalhadamente o Perímetro do Roxo e as principais condicionantes da evolução da região - Projecto de Expansão e Modernização do Roxo, a Lei Água e a PAC de 2003. O Projecto de Expansão e Modernização do Roxo prevê um aumento da área beneficiada, atingindo cerca de 20.000 hectares, que complementado com a ligação Alqueva-Roxo conduz a uma maior disponibilidade e regularidade no fornecimento de água. Segundo a Directiva-Quadro, a introdução desta tecnologia de rega (pressão de água) implica alterações na tarifa de serviços públicos aumentando assim o custo da água. Para além desta tarifa os utilizadores ficam sujeitos à taxa de recursos hídricos. Numa situação futura, esta transformação provoca uma diminuição dos custos de produção, com excepção da água, e um aumento dos benefícios líquidos com principal destaque para o pimento, o olival, os citrinos e o tomate. As culturas de arroz e de sequeiro como o trigo e a aveia tendem a desaparecer, em detrimento do olival e dos citrinos.
Descrição: Mestrado em Engenharia Agronómica - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1657
Aparece nas colecções:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese de mestrado Maria Manuela Nunes.pdf5,6 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.