Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1465
Título: Rastreio virológico de carnívoros errantes e caracterização genética viral
Autor: Rosado, Ricardo Constante
Orientador: Duarte, Ana Isabel Simões Pereira
Palavras-chave: Rastreio virológico
Epidemiologia molecular
Vírus de animais de companhia
Coronavirus
FCoV
CCoV
Virological survey
Molecular epidemiology
Small animal viruses
Data de Defesa: 15-Out-2009
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Rosado, R.C. (200). Rastreio virológico de carnívoros errantes e caracterização genética viral. Dissertação de Mestrado, Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: ABSTRACT - Virological survey in stray carnivores and viral genetic characterisation - Free-roaming stray or feral dogs and cats living in urban areas can be responsible for the spread and maintenance of several infectious diseases. To investigate the presence of viral agents and the genomic diversity of canine and feline coronavirus (CCoV, FCoV) in Lisbon’s Municipal kennel, a virological survey was conducted which included canine distemper virus (CDV), canine and feline parvovirus (CPV,FPV), CCoV and FCoV, feline immunodeficiency virus (FIV) and feline leukaemia virus (FeLV). Blood samples and faecal swabs were collected from 50 dogs and 50 cats at the time of euthanasia, and 24 environmental swabs were collected at a later date. Samples were either tested using a commercial ELISA kit, or amplified by PCR and RT-PCR. All coronavirus positive samples were further characterized by RT-PCR to assess the presence of different FCoV and CCoV genotypes. All PCR products were observed on 1,5%.agarose gel. Antibodies against FIV were found in 18% of the samples, while FeLV antigen was found in 10%. Viral nucleic acid was detected in 8.2% samples for CDV, 32.7% for CCoV, 59.6% for FPV/CPV, and 70% for FCoV. Seven (43.8%) samples were positive for CCoV type I, 9 (56.2%) for CCoV type II, and as for FCoV, 9 (25,7%), 6 (17%) and 12 (34.3%) samples were positive for FCoV type I, type II and both types, respectively. No differentiation was possible in 8 (23%) of the FCoV samples. There were positive environmental samples for CDV (50%), FPV/CPV (62.5%) and FCoV (87.5%). The results found on this study, particularly on parvovirus and FCoV brought to our attention the need for a continued and more precise evaluation of the health status of free-roaming stray or feral animals in the municipal kennel, to correctly evaluate their role as viral reservoirs within and without the kennel premises. The high prevalence of coronavirus infection found in both dogs and cats in the Lisbon Municipal Kennel allowed the viral genetic characterization, showing a high rate of co-infection with both genotypes of FCoV and absence of co-infected animals with CCoV I and II. However, further investigation is needed in order to maintain a molecular epidemiological surveillance and help identify further CoV strains, as well as understand the pathogenic potential of these viruses.
RESUMO - Rastreio virológico de carnívoros errantes e caracterização genética viral - Os animais errantes ou assilvestrados que habitam áreas urbanas podem ser responsáveis pela distribuição e manutenção de diversas doenças infecciosas. Com o objectivo de investigar a presença de agentes virais e avaliar a diversidade genética de coronavirus canino e felino (CCoV, FCoV) no Canil Municipal de Lisboa, realizámos um rastreio virológico em que foram avaliados o vírus da esgana canina (CDV), parvovirus canino e felino (CPV, FPV), CCoV e FCoV, o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da leucemia felina (FeLV). Foram colhidas amostras de sangue e zaragatoas rectais de 50 cães e 50 gatos na altura da eutanásia, e 24 zaragatoas ambientais numa data posterior. Avaliámos as amostras utilizando um teste comercial de ELISA ou amplificando as amostras por PCR e RT-PCR. Todas as amostras positivas para coronavirus foram caracterizadas por RT-PCR para avaliar a presença de genótipos diferentes de FCoV e CCoV. Todos os produtos de PCR foram visualizados num gel de agarose a 1,5%. Foram encontrados anticorpos contra FIV em 18% das amostras e antigénio de FeLV em 10%. Detectámos ácido nucléico viral em 8.2% das amostras para CDV, 32.7% para CCoV, 59.6% para FPV/CPV a 70% para FCoV. Sete (43.8%) amostras foram positivas para CCoV tipo I, 9 (56.2%) para CCoV tipo II, e em relação ao FCoV, 9 (25,7%), 6 (17%) e 12 (34.3%) amostras foram positivas para FCoV tipo I, tipo II, e para ambos os tipos, respectivamente. Não foi possível obter diferenciação em 8 (23%) das amostras para FCoV. Houve amostras ambientais positivas a CDV (50%), FPV/CPV (62.5%) e FCoV (87.5%). Os resultados deste estudo demonstraram a importância de uma avaliação contínua e mais precisa do estatuto sanitário dos animais errantes ou assilvestrados no canil municipal, principalmente em relação ao parvovirus e ao FCoV, de modo a avaliar correctamente o seu papel de reservatórios de doenças, tanto dentro como fora do canil. A alta prevalência de infecções por coronavirus em cães e gatos no Canil Municipal de Lisboa permitiu a caracterização genética viral, demonstrando uma percentagem elevada de co-infecções com os dois genótipos de FCoV, mas uma ausência de animais co-infectados com CCoV I e II. No entanto, é necessário mais investigação para manter uma vigilância epidemiológica ao nível molecular, de forma a ajudar na identificação de possíveis novas estirpes de coronavirus, assim como compreender o potencial patogénico destes vírus.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1465
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Rastreio virológico de carnívoros errantes e caracterização genética viral.pdf1,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.