Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1433
Título: A reabilitação do patripónio como factor de desenvolvimento local : o modelo de aldeia sustentável
Autor: Paulo, Luísa Maria da Conceição dos Reis
Orientador: Bastos, Jorge Novaes de
Palavras-chave: Património e território
Arquitectura tradicional
Tecnologias e recursos
Despovoamento
Aldeia sustentável
Beira Interior
Heritage and lanscape
Traditional technology and resources
Unpoluted areas
Sustenainable village
Data de Defesa: 2009
Editora: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citação: Paulo, Luisa Maria da Conceição dos Reis - A reabilitação do património como factor de desenvolvimento local : o modelo de aldeia suatentável. Lisboa : FA, 2009. Tese de Doutoramento
Resumo: A problemática do património no contexto internacional centrou-se nas últimas décadas na investigação sobre o património arquitectónico erudito, mas não na mesma dimensão sobre o património rural. Uma paisagem, um lugar, um simples edifício, possui história, identidade própria, em que os seus traços, vestígios e marcas resultam da acção do Homem, conferindo-lhes significado e identidade. A valorização da paisagem humanizada como recurso cultural tem sido referida em documentos de organismos internacionais, dentro de uma orientação estratégica e de uma visão integrada do processo de desenvolvimento regional e local. Do mesmo modo, o património construído e o património intangível são encarados como parte integrante e indissociável da paisagem. Qualquer iniciativa ou intervenção só pode ser bem sucedida se for cumprida neste quadro de referências. Nesta abordagem o lugar é entendido como território cultural diversificado (quanto ao enquadramento, à implantação, às funcionalidades e usos, aos conteúdos, às tecnologias e recursos, ao significado). O modelo apresentado – Aldeia Sustentável – foi elaborado numa perspectiva operativa para que a problemática do património não seja isolada no domínio das políticas culturais e / ou entendida como mero e exclusivo instrumento de industrias do turismo. Tem por objectivo impulsionar e melhorar o Plano - Plano de Aldeia – enquanto instrumento operativo de planeamento e gestão de novas experiências de desenvolvimento local e regional, com base nos recursos patrimoniais dos territórios culturais. Os aglomerados urbanos, em meio rural, constituem um potencial estratégico, que contempla para além de um inesgotável valor patrimonial, um laboratório vivo de análise da importância da relação entre o construído e a paisagem natural, permitindo uma reflexão sobre os processos de intervenção que acentuam o conceito de paisagem cultural.
During the past decades the International Cultural Heritage has been focused mainly on historical architecture, neglecting countryside buildings. Modern evolutionary theories have been considering other important domains, e. g., the landscape, some small isolated villages, a single building, which are also relevant, with important cultural information. Throughout history, the human activity has left its fingerprint into the environment with a distinctive character. The “Human Landscape” is a new structuring concept that has been referenced by several international organizations, and it is deemed to be included into the local and regional development policies. Similarly, the built heritage and intangible heritage are seen as integral and inseparable part of the landscape. Any initiative or intervention can only be successful if it is achieved in this frame of reference. In this approach, the place is perceived as diverse cultural territory (on the framework, the deployment, the features and uses, to content, the technologies and resources, the meaning). The model now presented – the Sustainable Village – was developed as an operational concept. The problem heritage is not alone in the field of cultural policies and / or understood as a simple and unique tool for the tourism industry. Its aim is to foster and improve the Plan - Village - operating as a tool for planning and management of new experiments in local and regional development, based on the resources of the territories cultural heritage. The built areas, in rural areas, are a potential strategic, which is beyond an inexhaustible asset value, a living laboratory for the analysis of the importance of the relationship between the built and natural landscape, allowing a reflection on the process of intervention that emphasize the concept of cultural landscape.
Descrição: Tese de Doutoramento em Arquitectura
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1433
Aparece nas colecções:DHTAUD - Teses de Doutoramento / Ph. D. Thesis
BFA - Teses de Doutoramento / Ph. D. Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_O_Modelo_de_Aldeia_Sustentável.pdf28,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.