UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1302

Título: Molecular and morphological characterization of the genus globocephaloides from macropodid marsupials in Australia
Autor: Fazenda, Inês Isabel Paulo
Orientador: Gasser, Robin Beat
Carvalho, Luís Manuel Madeira de
Palavras-chave: Globocephaloides
Macropodid marsupials
Genetic variation
G. wallabiae
Systematics
Marsupiais macropodídeos
Variação genética
Sistemática
Issue Date: 27-Jul-2009
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: FAZENDA, I. I. P. (2009). Molecular and morphological characterization of the genus globocephaloides from macropodid marsupials in Australia. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: The genus Globocephaloides (Nematoda: Trichostrongyloidea) is a pathogenic group of parasitic nematodes present in the duodenum of kangaroos and wallabies (Marsupialia: Macropodidae) in Australia. Globocephaloides species (G. trifidospicularis, G. macropodis and G. affinis) have been poorly studied and thus, there are significant controversies regarding their systematics and population structures. In the present study, single-strand conformation polymorphism (SSCP) and targeted sequencing of the internal transcribed spacers (ITS) of nuclear ribosomal DNA, were used to assess the genetic variation within and among Globocephaloides populations and individuals, from different host species and geographical origins. No or minor (0.2%) variation was detected among individuals of G. trifidospicularis and G. affinis. However, within G. macropodis populations there was a consistent heterogeneity in the ITS sequences (5.2 - 7.1%) between worms derived from two different host species (Macropus agilis and M. dorsalis). Under light microscopy, these two G. macropodis genotypes differed by the length, arrangement and tip of the spicules, and by pattern of the bursal rays. Thus, they were considered to represent sibling species. The molecular and morphological evidence culminated with the erection of a new species, namely G. wallabiae, and provided further insights into the host affiliation and geographical ranges of Globocephaloides spp.: G. wallabiae occurs mainly in M. dorsalis (north/east), G. macropodis in M. agilis and Petrogale persephone (north), G. affinis in M. dorsalis (north-east), and G. trifidospicularis in various Macropus species (south). Moreover, in the present study, the phylogenetic analyses between the genus Globocephaloides and other trichostrongyloid genera, using divergent domains of the 28S rRNA genes, gave evidence for the exclusion of the genus Globocephaloides from the Herpetostrongylidae, with the suggestion of a new family, namely „Globocephaloididae‟, within the Heligmosomoidea.
RESUMO - CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR E MORFOLÓGICA DO GÉNERO GLOBOCEPHALOIDES EM MARSUPIAIS MACROPODÍDEOS NA AUSTRÁLIA - O género Globocephaloides (Nematoda: Trichostrongyloidea) é um importante grupo de nemátodes patogénicos presente no duodeno de cangurus e wallabies (Marsupialia: Macropodidae) na Austrália. O estudo das espécies de Globocephaloides (G. trifidospicularis, G. macropodis e G. affinis) tem sido limitado, e por isso, existem numerosas controvérsias em relação à sua sistemática e às suas estruturas populacionais. No presente estudo, as técnicas de análise de ácidos nucleicos, „single-strand conformation polymorphism‟ (SSCP) e sequenciação-alvo da região ITS („internal transcribed spacers‟) do DNA ribossomal foram usadas com o objectivo de analisar a variação genética entre indivíduos e populações de Globocephaloides provenientes de diferentes hospedeiros e áreas geográficas. Em ambas as espécies G. trifidospicularis e G. affinis pouca ou nenhuma variação foi encontrada (0.2%). Contudo, nas populações de G. macropodis foi detectada uma consistente heterogeneidade nas sequências ITS (5.2 - 7.1%) entre espécimes provenientes de dois hospedeiros distintos (Macropus agilis e M. dorsalis). Recorrendo à microscopia óptica verificou-se que os dois genótipos de G. macropodis diferiam no comprimento, conformação e ponta das espículas, assim como, no padrão dos raios da bolsa copuladora. Como tal, foi considerado que os dois genótipos representavam duas espécies congéneres. Os resultados da biologia molecular e do estudo morfológico determinaram o reconhecimento de uma nova espécie denominada G. wallabiae e, além disso, forneceram dados sobre a especificidade de hospedeiros e distribuição geográfica do género Globocephaloides. G. wallabiae ocorre principalmente no hospedeiro M. dorsalis (norte/este), G. macropodis no M. agilis e Petrogale persephone (norte), G. affinis no M. dorsalis (nordeste) e G. trifidospicularis em várias espécies do género Macropus (sul). Adicionalmente, a análise das relações filogenéticas entre o género Globocephaloides e outros tricostrongilídeos, empregando os domínios do gene 28S rRNA, deu provas para a exclusão do género Globocephaloides da família Herpetostrongylidae, com a sugestão de uma nova família, denominada „Globocephalidae‟, inserida na superfamília Heligmosomoidea.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1302
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Molecular and morphological characterization of the genus Globocephaloides from macropodid marsupials in Australia.pdf3,64 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE