Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10654
Título: O papel do orçamento na gestão dos municípios portugueses
Autor: Baptista, Gisela Filipa Paulos
Orientador: Samagaio, António
Palavras-chave: Papel do orçamento
municípios
planeamento
coordenação
comunicação
motivação
avaliação de desempenho
controlo
Role of budget
municipalities
planning
coordination
communication
motivation
performance evaluation
control
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Baptista, Gisela Filipa Paulos (2015). "O papel do orçamento na gestão dos municípios portugueses". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar o papel do orçamento na gestão dos municípios Portugueses, e identificar se fatores culturais/políticos ou demográficos, explicam as diferenças encontradas na utilização destes papéis. Os papéis analisados englobam o planeamento, coordenação, comunicação, motivação, avaliação de desempenho e controlo. Enquanto os fatores em análise serão o partido/ideologia política, dimensão dos municípios, competitividade política, formação e experiência profissional dos inquiridos. O estudo incide sobre um questionário aplicado a todos os municípios portugueses (308), tendo a análise empírica sido desenvolvida a partir da amostra obtida de 156 inquiridos. Os resultados indicam que estes consideram como papéis de maior relevância o planeamento, coordenação, comunicação e controlo, e apenas a experiência profissional é identificada como variável com impacto na adoção do orçamento para planeamento. Quanto às restantes variáveis em estudo não foi detetada qualquer relação com a adoção dos papéis do orçamento. Observa-se ainda que os partidos de esquerda desvalorizam a aplicação do orçamento para quase todos os papéis, ao contrário dos da direita, e que a visão acerca do orçamento se difere dentro do mesmo município, de acordo com a função desempenhada pelos inquiridos.
This study aims to analyze what role the budget assume in management of the Portuguese municipalities, and identify if cultural/political or demographic factors explain the differences in the use of these roles. The analyzed roles cover the planning, coordination, communication, motivation, performance evaluation and control. While the factors will be the political party/ideology, size of municipalities, political competitiveness, education and professional experience of the respondents. The study focuses on a questionnaire applied to all of Portuguese municipalities (308), having the empirical analysis was developed from the sample obtained of the 156 respondents. The results indicate that these regard as most relevant papers the planning, coordination, communication and control, and only professional experience is identified as a variable with impact in adoption of budget for planning. In the remaining study variables was not detected none relation to the adoption of the budget roles. This study also allows us to observe that the left parties devalue the implementation of the budget for almost every role, as opposed to the right, and the vision regarding the budget differs within the same municipality, according of the developed function of the respondents.
Descrição: Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10654
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-GFPB-2015.pdf501,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.