Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10633
Título: A relação entre o capital psicológico e bem-estar no trabalho
Autor: Nunes, Cátia Alexandra Portugal Pires da Silva
Orientador: Gomes, Jorge
Palavras-chave: Capital Psicológico
Satisfação no Trabalho
Envolvimento com o Trabalho
Comprometimento Organizacional Afetivo
Bem-Estar no Trabalho
Psychological Capital
Wellbeing at Work
work satisfaction
work engagement
affective organizational commitment
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Nunes, Cátia Alexandra Portugal Pires da Silva (2015). "A relação entre o capital psicológico e bem-estar no trabalho". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A presente investigação estudou a relação entre o Capital Psicológico (PsyCap) e o Bem-Estar no Trabalho (BET). Tentou-se também perceber, embora este não fosse o foco do trabalho, quais os efeitos do PsyCap sobre o BET, nomeadamente a satisfação, comprometimento e envolvimento do individuo para com a organização. Para tal, foi aplicado um questionário, individual e anónimo, a 104 trabalhadores (48 nas redes sociais e 56 no Jornal Publico). Dos cinco grupos que compunham o questionário, utilizou-se o Copenhagen Psychosocial Questionnaire (versão curta), para medir o constructo do BET, e o Psychological Capital Questionnaire (PCQ), para mensurar as quatro componentes do PsyCap. Os resultados deste estudo empírico mostram que, com exceção da resiliência, que não demonstra correlação com a satisfação no trabalho, todas as outras variáveis denotam uma relação positiva entre si, permitindo afirmar que o PsyCap se encontra positivamente relacionado com o envolvimento no trabalho e comprometimento organizacional afetivo, e que o otimismo, auto-eficácia e esperança têm uma relação positiva com o BET. É ainda verificada a influência que a esperança tem sobre as variáveis do bem-estar no trabalho, auferindo que esta é preditora significativa das mesmas.
The main purpose of this investigation is to determine if there is a positive correlation between a person?s Psychological Capital (PsyCap) and one?s Wellbeing at Work (BET). Although it was not the focus of this thesis, efforts were made to understand the potential effects of the PsyCap in one?s BET, which can be evaluated in three factors: satisfaction, commitment and involvement with the organization. In order to gather the necessary information, a survey was conducted in which 104 employees (48 from the social networks and 56 from Jornal Público) answered an individual and anonymous questionnaire. The short version of Copenhagen Psychosocial Questionnaire was used to measure the parameters of BET and the Psychological Capital Questionnaire (PCQ) was applied to evaluate the PsyCap. The results obtained from this empirical study reveal that, with the exception of resilience, which is not correlated with work satisfaction, every component of the PsyCap is positively correlated with one?s work engagement and affective organizational commitment at work, and optimism, self-efficacy and hope have a positive relation with BET. It is also verified that the parameter hope influences the three factors of BET, meaning that it is a significant predictor of satisfaction, commitment and engagement.
Descrição: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10633
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-CAPPSN-2015.pdf1,28 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.