Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10604
Título: Efeitos da globalização na desigualdade salarial entre homens e mulheres
Autor: Brito, Ana Patrícia Mendes de
Orientador: Faustino, Horácio
Palavras-chave: dados de painel
desigualdade salarial entre géneros
globalização
panel data
gender wage gap
globalization
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Brito, Ana Patrícia Mendes de (2015). "Efeitos da globalização na desigualdade salarial entre homens e mulheres". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A evolução do mercado de trabalho teve consequências bastante positivas sobre as taxas de emprego femininas. No entanto, as mulheres continuam a ser vítimas de inúmeras formas de discriminação, não só a nível dos salários, como no acesso à educação, ao mercado de trabalho e a cargos de chefia, assim como ao nível da partilha de responsabilidades familiares. Este trabalho aborda a desigualdade salarial entre géneros e os efeitos que a globalização tem sobre esta. Tendo como base um modelo de dados de painel para o período 2000-2013, este estudo utiliza diferentes indicadores de globalização para estudar o seu impacto na desigualdade salarial entre géneros, medida por dois indicadores diferentes, nos 28 países da União Europeia. As estimações apresentadas sugerem que a globalização tem um efeito positivo na redução da desigualdade salarial entre géneros independentemente do indicador utilizado. O aumento da proporção de mulheres com o ensino superior contribui, também, positivamente para a aproximação dos salários entre géneros independentemente da variável dependente utilizada para medir essa desigualdade. A proporção de mulheres presidentes do conselho de administração, a taxa de desemprego feminina e a hipótese de Kuznets, de haver uma relação em U-invertido entre a desigualdade e o crescimento económico, não se revelaram estatisticamente significativa. As variáveis crise e a proporção de mulheres no parlamento só se revelaram estatisticamente significativas com uma das medidas utilizadas para medir a desigualdade salarial entre géneros.
The evolution of the labor market had very positive consequences on the female labor rates. However, women still suffer from discrimination on numerous ways such as the wage gap, in the access to education, in the labor market or even in the share of the family responsibilities. This essay focuses itself on the wage gap between genders and on the effects the globalization has on it. It is based on a panel data model for the 2000 to 2013 period; it uses different globalization indicators to study their impact on the above referred gap, this one is also measured by two different indicators in the 28 countries of the European Union. The presented estimates show that globalization has a positive impact in the reduction of the gender wage gap regardless of the indicator that is used. The women proportion with higher education also contributes to a gap reduction regardless of the dependent variable used. The proportion of women that are presidents of the administration board, the female unemployment rate and the Kuznets hypothesis, the existence of an inverted- U- relation between the inequality and the economic growth, did not revealed as statistically significant. The variable crisis and the proportion of women in the parliament only revealed themselves as statiscally significant with one of the measures used to show the breadth of the gender wage gap.
Descrição: Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10604
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-APMB-2015.pdf757,49 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.