Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10583
Título: Bile peritonitis : clinical characterization, underlying causes, and surgical outcome in 26 dogs and 1 cat (2009-2015)
Autor: Xavier, Ana Sofia Rodrigues
Orientador: Mestrinho, Lisa Alexandra Pereira
Leal, Rodolfo Assis Oliveira
Palavras-chave: Dog
cat
gallbladder
extrahepatic biliary tract
rupture
bile peritonitis
Cão
gato
vesícula biliar
sistema biliar extra-hepático
ruptura
peritonite biliar
Data de Defesa: 10-Dez-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Xavier, A.S.R. (2015). Bile peritonitis : clinical characterization, underlying causes, and surgical outcome in 26 dogs and 1 cat (2009-2015). Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Primary extrahepatic biliary tract disorders are uncommon in small animal patients. Their recognition is challenging, as clinical signs are seldom specific for that system. However, while in early stages they may present as benign incidental findings, over time they can progress to severe life-threatening conditions. A delay in diagnosis and treatment is directly related to a poor prognosis. A retrospective case study was conducted in 26 dogs and 1 cat surgically treated for bile peritonitis. Information regarding signalment; clinical, laboratory, imaging, and surgical findings; bacterial culture results; histopathology; and outcome was registered based on medical records. Results showed that necrotizing cholecystitis (52.9%), followed by gallbladder mucocele (35.3%), were the more prevalent causes of biliary tract rupture in dogs. Cholecystitis was associated with bacterial infection and with cholelithiasis in 87.5% and 66.7% of cases, respectively. Mortality rate was 11.5% and no predictors for survival were found. Bile peritonitis in cats was exceedingly rare, as demonstrated by the one case found in a 6-year period, which was presented as a case report. Bile peritonitis can be life threatening, but when aggressively treated the prognosis can be favourable. Efforts should be made to recognize the underlying disorders before progression to biliary tract rupture.
RESUMO - Peritonite biliar: caracterização clínica, causas subjacentes e resultado cirúrgico em 26 cães e 1 gato (2009-2015) - Doenças primárias do sistema biliar extra-hepático são pouco comuns em animais de companhia. Os seus sinais clínicos são inespecíficos, o que dificulta o diagnóstico. Apesar de inicialmente terem uma apresentação clínica benigna, a sua progressão pode colocar em risco a vida do animal. Atrasos no diagnóstico e tratamento estão directamente relacionados com um prognóstico reservado. Foi elaborado um estudo retrospectivo em 26 cães e 1 gato com peritonite biliar. As informações recolhidas dos ficheiros médicos incluíram identificação do animal; sinais clínicos; achados laboratoriais, imagiológicos e cirúrgicos; resultados da bacteriologia e histopatologia. Colecistite necrosante (52.9%) foi a causa mais prevalente de ruptura do sistema biliar, seguida de mucocélio biliar (35.3%). A colecistite foi associada a infecção bacteriana ou colelitíase em 87.5% e 66.7% dos casos, respectivamente. A taxa de mortalidade foi de 11.5% e não foram encontrados factores preditivos de sobrevivência. A peritonite biliar é extremamente rara em gatos, como demonstrado pelo único caso encontrado num período de 6 anos, o qual foi apresentado como caso clínico. A peritonite biliar pode ter uma apresentação clínica grave mas, se tratada de forma agressiva, o prognóstico pode ser positivo. O ideal é reconhecer as doenças subjacentes antes de progredirem para ruptura do sistema biliar.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10583
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.