Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10582
Título: Comunidade, uma forma de pensar a cidade
Outros títulos: Cohousing, coworking e codesigning na cidade de Lisboa
Autor: Rodrigues, Romeu Miguel Zagalo
Orientador: Crespo, José Luís Mourato
Palavras-chave: Lisboa
Reabilitação
Cohousing
Codesigning
Coworking
Data de Defesa: Set-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Arquitetura
Citação: Rodrigues, Romeu Miguel Zagalo - Comunidade, uma forma de pensar a cidade : cohousing, coworking e codesigning na cidade de Lisboa. - Lisboa : FAUL, 2015. Dissertação de Mastrado.
Resumo: O aparecimento recente de diversos sistemas de partilha e comunidade tem sido transversal a toda a sociedade Ocidental. A arquitectura não é excepção. Movimentos como o Cohousing, Coworking e Codesigning têm vindo a cativar indivíduos e a ganhar notoriedade nas cidades actuais. Em Lisboa são vários os exemplos de espaços Coworking, como o Lx Factory, e de iniciativas participativas como o programa BIP/ZIP. Contudo, estes movimentos ainda não foram absorvidos pelo universo académico. Através do estudo da evolução da sociedade pós-industrial compreendeu-se o actual interesse pela comunidade e de que modo esse interesse se manifesta. Paralelamente avaliou-se a evolução das cidades de acordo com a maior ou menor presença de comunidades bem como as consequências na vida urbana. O estudo de alguns exemplos históricos de habitação comunitária, enquanto testes para o Cohousing, Coworking e Codesigning, permitiu um melhor enquadramento destes no contexto actual. O estudo mais detalhado de cada um destes conceitos revelou a sua potencialidade para a recuperação de vivências urbanas à escala local, para a reformulação do espaço público e para a reconciliação entre trechos da cidade consolidada e a sociedade actual. Finalmente, com base nas conclusões anteriores, apresenta-se uma projeção de uma possível aplicação de complexos Cohousing e Coworking na Graça, em Lisboa. Mostra-se assim de que modo é possível actualizar antigas estruturas urbanas – como as Vilas Operárias – para modos de vida contemporâneos, conservando estas estruturas e mantendo as vivências de bairro da capital
ABSTRACT: The recent appearance of several communal sharing systems has had a transversal effect throughout Western societies, and Architecture is no strange to this phenomenon. Movement such as Cohousing, Coworking and Cosdesigning, have been captivating individuals, and gaining notoriety across modern cities. In Lisbon, there is a multitude of Coworking spaces, Lx Factory being its prime example, as well as initiatives such as BIP/ZIP program. However, these movements have not yet been absorbed by academia. By studying the evolution of post-industrial societies, a palpable interest for communities has been unravelled, coupled with new ways in which such awareness is manifested. In parallel, a study of communities was conducted, and its consequences or the urban lifestyle were surveyed. The study of a variety of historic examples of communitarian habitation, as tests to determine the existence of Cohousing, Coworking and Codesigning, has allowed for a better framing of such concepts in the actual context. An in-depth study of each of these concepts has revealed its potential in recovering urban experiences on a local scale, aiding in the refurbishing of public spaces, as well as in the reconciliation between portions of the consolidated city and modern society. Finally, based on the aforesaid, it is presented a projection of possible application of the Co-housing and Coworking concepts in Graça, Lisbon. Thus, it is shown that it is possible to update and upgrade old urban structures – such as the Vilas Operárias – to modern and current lifestyles, whilst maintaining and safeguarding not only the structures but also the urban neighbourhood way of life.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Arquitetura.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10582
Aparece nas colecções:BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis
DPAUD - Tese de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
COMUNIDADE, UMA FORMA DE PENSAR A CIDADE.pdf138,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.