Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10576
Título: A expansão do veículo elétrico em Portugal
Autor: Botelho, Paulo Jorge Fernandes
Orientador: Laranja, Manuel
Palavras-chave: Veículo Elétrico
Modelos de Negócio
Previsão de Vendas
Electric Vehicle
Business Models
Sales forecast
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Botelho, Paulo Jorge Fernandes (2015). "A expansão do veículo elétrico em Portugal". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Apesar de serem uma novidade de alta tecnologia, os veículos elétricos (VEs)apresentam um caso anormal de difusão de tecnologia, porque os VEs desapareceram várias vezes ao longo da história. Na presente série cronológica iniciada com a primeira venda no ano de 2010, no mercado de automóveis ligeiros urbanos. Os VEs tornaram-se cada vez mais comuns em Portugal. Os fabricantes convencionais de automóveis, os que produzem em grande escala há muitos anos, têm já vários modelos a comercializarem-se no mercado nacional. Contudo a maioria dos consumidores têm uma exposição limitada aos VEs, e podem ter muitas perguntas sobre se um VE poderá fazer parte das suas vidas. Algumas questões importantes podem-se prolongar no tempo sem resposta, será que é desta vez que os VEs chegarão para ficar, e até mesmo se os VEs são considerados como veículos automóveis, quando a maioria não pode cumprir o propósito de se deslocarem para qualquer lugar, a qualquer hora, sem importar a distância. Com certeza, os VEs são muito diferentes dos veículos movidos com outras energias. Este trabalho investiga se os automobilistas em geral conhecem e percecionam corretamente as vantagens e desvantagens dos VEs, ao nível de custos de utilização (compra do VE, consumo nas deslocações e tempo de carga, como alguns exemplos).
Although being a high-tech novelty, electric vehicles (EVs) present an unusual case of diffusion of technology, because EVs appeared and disappeared several times throughout history. The current phase started with the first sale in 2010, in the urban passenger car market. The EVs have become increasingly common in Portugal. Traditional auto manufacturers, which produce on a large scale for many years, have already several models being sold in the domestic market. However, most consumers have limited exposure to EVs, and may have many questions about whether an EV can be part of their lives. Some importante issues may remain unanswered for an extend period of time. Are EVs here to stay this time, and are EVs even considered motor vehicles, when most of them cannot fulfil the purpose to go anywhere at any time, disregarding the distance. Certainly, EVs are very different from vehicles using other energies. Current literature reviews say that the EV market is more conditioned today to adopt EV technology than it was in previous phases, if the trend continues as expected, the EV technology can become the mainstream for the majority of the population in the coming decades. Infrastructure, social attitudes and related policies have been the most influential factors for the adoption of EVs and their dissemination. This paper investigates whether automotive users in general know and correctly perceive the advantages and disadvantages of electric vehicles, in terms of running costs (purchase EV, energy consumption when travelling and charging time).
Descrição: Mestrado em Gestão e Estratégia Industrial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10576
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-PJFB-2015.pdf354,85 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.