Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10568
Título: Estudo preliminar da variação da pressão arterial carotídea e venosa jugular com doppler em felídeos geriátricos
Autor: Isaac, Ingrid Paula Ribeiro Fialho
Orientador: Carreira, Luís Miguel Alves
Palavras-chave: Gato
Pressão arterial
ultrassonografia doppler
oscilometria
velocidade de fluxo sanguíneo
cat
blood pressure
doppler ultrasound
oscillometry
blood flow velocity
Data de Defesa: 10-Dez-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Isaac, I.P.R.F. (2015). Estudo preliminar da variação da pressão arterial carotídea e venosa jugular com doppler em felídeos geriátricos. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A Pressão Arterial (PA) é definida como a força pulsátil exercida pelo sangue nas paredes das artérias aquando da sua passagem, devido às contrações cardíacas, e oscilando em redor de um valor designado por Pressão Arterial Média (PAM). A PAM situa-se entre um valor máximo correspondente à Pressão Arterial Sistólica (PAS) e um valor mínimo correspondente à Pressão Arterial Diastólica (PAD). Os indivíduos saudáveis mantêm a PA dentro de um intervalo de valores adequado, graças à existência de um conjunto de mecanismos reguladores que concorrem para a manutenção da homeostasia deste parâmetro. A elevação persistente da PA para valores acima da PAS define uma condição de hipertensão sistémica, a qual poderá associar-se a condições com ou sem expressão clínica. O aumento da esperança média de vida nos animais de companhia, tem sido acompanhado da emergência de novas condições clínicas da qual a Hipertensão Arterial é uma das mais frequentes. O conhecimento sobre a sua etiologia, o seu diagnóstico e a elaboração de protocolos terapêuticos adequados para o seu controlo, são premissas fundamentais do Médico Veterinário dos dias atuais. A valoração da PA pode ser conseguida utilizando métodos diretos ou invasivos, e métodos indiretos ou não invasivos, estando estes últimos associados a diferentes níveis de confiança quanto aos resultados obtidos. O presente estudo foi desenvolvido numa amostra de 34 gatos saudáveis (n=34) de ambos os géneros, e teve como objetivo caracterizar a correlação existente entre dois métodos indiretos de avaliação da PA: o Doppler (através da medição da velocidade do fluxo sanguíneo arterial, e do diâmetro da artéria carótida) e a oscilometria de alta definição (através da obtenção dos valores da PAS e da PAD). A amostra total foi dividida em dois grupos de acordo com as faixas etárias dos indivíduos: gatos jovens (GJ) e gatos séniores (GS). Utilizando a oscilometria de alta definição obteve-se para a PAS uma média de 133.64±7.41 mmHg no GJ, e de 134.44±14.23 mmHg no GS. Para a PAD a média foi de 83.36±8.48 mmHg no GJ, e de 85.00±10.6 mmHg no GS. Não se verificaram diferenças estatisticamente significativas entre ambos os grupos. Foi possível obter uma correlação positiva entre a PAS e a Velocidade Máxima Sistólica (VMS) (p<0.001), e a PAD e a Velocidade Mínima Diastólica (VMD) (p<0.001); permitindo concluir que a uma PA com valores normais corresponderá uma VMS e uma VMD também normais.
ABSTRACT - PRELIMINARY STUDY OF THE ARTERIAL AND VENOUS (JUGULAR) BLOOD PRESSURE WITH DOPPLER IN GERIATRIC CATS - Blood pressure (BP) is defined as the pulsatile force exerted by blood on the artery walls during its passage due to heart contractions. The average BP value is known as Mean Arterial Pressure (MAP), ranging between a maximum value - Systolic Blood Pressure (SBP) and a minimum value - Diastolic Blood Pressure (DBP). Healthy individuals maintain the BP within an appropriate range of values, due to the existence of various regulatory mechanisms that contribute to the maintenance of homeostasis of this parameter. Persistent elevation of BP to values above the SBP defines a systemic hypertension condition, which may be associated with conditions with and without clinical expression. The increase in average lifespan in pets, has been accompanied by the emergence of new medical conditions of which Arterial Hypertension (HA) is one of the most frequent. Its etiology, diagnosis and development of appropriate treatment protocols for its control are fundamental premises of the current day clinicians. Measurement of BP may be achieved using direct or invasive methods, and indirect or non-invasive methods. The last ones are associated with different confidence levels regarding the results. The present study was conducted on a sample of 34 healthy cats (n = 34) of both genders and aimed to characterize the correlation between two indirect methods of assessing BP: Doppler (by measuring arterial blood flow velocity and the carotid artery diameter) and high definition oscillometry (by obtaining the SBP and DBP). The sample was divided into two groups according to age of the specimens: young cats (YC) and senior cats (SC). By using the high definition oscillometry an average of 133.64 ± 7:41 mmHg in YC, and 134.44 ± 14:23 mmHg in SC were obtained for SBP. The average of DBP was 83.36 ± 8:48 mmHg in YC, and 85.00 ± 10.6 mmHg in SC. No statistically significant differences were registered between both groups. It was possible to obtain a positive correlation between SBP and Systolic Maximum Velocity (SMV) (p <0.001), and between DBP and the Diastolic Minimum Velocity (DMV) (p <0.001); allowing to conclude that to a normal BP value it should be expect a normal SMV and SMV values.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10568
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.