Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10567
Título: Papel da ovariohisterectomia precoce na prevenção da neoplasia mamária na cadela
Autor: Leitão, Catarina Patrício
Orientador: Cruz, Luís Miguel do Amaral
Mateus, Luísa Maria Freire Leal
Palavras-chave: Cadela
ovariohisterectomia
neoplasia mamária
bitch
ovariohysterectomy
mammary neoplasia
Data de Defesa: 9-Dez-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Leitão, C.P. (2015). Papel da ovariohisterectomia precoce na prevenção da neoplasia mamária na cadela. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O tumor de mama é o mais comum em cadelas e contabiliza 70% de todos os casos de tumor maligno nesta espécie. O presente estudo baseia-se em casos clínicos de dois hospitais de Lisboa e o seu objetivo principal foi a avaliação da associação entre a ovariohisterectomia (OVH) precoce na cadela e a ocorrência de neoplasia mamária. Na amostra estudada, a maioria das cadelas com neoplasia mamária era de raça indeterminada (58,3%) seguida pelas raças Caniche e Cocker Spaniel. O peso vivo médio das cadelas doentes foi de 14,4kg e o das livres de neoplasia mamária foi de 16,3kg. Dos casos analisados, 88% das neoplasias eram malignas, com uma idade média ao diagnóstico histopatológico de 10 anos. 40% das fêmeas foram sujeitas a mastectomia total unilateral e 33,3% a ovariohisterectomia pós-diagnóstico histopatológico. Apenas 10% das cadelas com tumor foram submetidas a ovariohisterectomia antes do diagnóstico, tendo sido possível verificar que a OVH preveniu o aparecimento de neoplasia mamária. Enquanto nenhuma das cadelas com neoplasia foi sujeita a ovariohisterectomia precoce, 18,4% das saudáveis efetuaram esta cirurgia precocemente. Este estudo permitiu corroborar a importância da ovariohisterectomia precoce na prevenção da neoplasia mamária na cadela.
ABSTRACT - The role of early ovariohysterectomy in the prevention of canine mammary tumor - Mammary tumors are the most common in the bitch, representing 70% of all malignant tumour cases in the species. The current study is based on clinical cases from two Lisbon hospitals and aim to evaluate the association between early ovariohysterectomy (OVH) of the bitch and the occurrence of mammary neoplasia. In the cases studied, the majority of the bitches with mammary neoplasia were mixed breed dogs (58,3%), followed by the Poodle and the Cocker Spaniel. The average live weight of the bitches with mammary cancer was 14,4 kg and of the mammary neoplasia free ones was 16,3kg. From the analysed cases, 88% of the tumours were malignant with a mean age at histopathological diagnosis of 10 years. 40% of the females were subjected to total unilateral mastectomy and 33,3% were subject to post-diagnostic ovariohysterectomy. Only 10% of the females with tumors were submitted to ovariohysterectomy before diagnosis, being possible to verify that OVH prevented the onset of mammary neoplasia. While none of the bitches with neoplasia was subject to early ovariohysterectomy, 18,4% of the heathy ones were subject to this early surgery. This study allowed us to corroborate of the fact of early ovariohysterectomy prevents mammary neoplasia in the bitch.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10567
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PAPEL DA OVARIOHISTERECTOMIA PRECOCE NA PREVENÇÃO DA NEOPLASIA MAMÁRIA NA CADELA.pdf528,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.