Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10515
Título: Selecção de títulos e timing em fundos accionistas portugueses
Autor: Garcia, Liliana Sofia Reis
Orientador: Gaspar, Raquel
Palavras-chave: Fundos acionistas portugueses
avaliação de desempenho
desempenho global
seletividade
timing
modelos incondicionais
modelos condicionais
modelos multifatoriais
Portuguese equity funds
performance evaluation
overall performance
selectivity
unconditional models
conditional models
multifactor models
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Garcia, Liliana Sofia Reis (2012). "Selecção de títulos e timing em fundos accionistas portugueses". Dissertação de Mestrado, Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O presente trabalho pretende avaliar e comparar o desempenho de fundos acionistas portugueses, que investem no mercado português, europeu e internacional, utilizando modelos de desempenho global e modelos de timing nas suas versões incondicionais e condicionais. A avaliação do desempenho global far-se-á através da medida de Jensen (1968) e na avaliação das capacidades de seletividade e timing serão utilizados os modelos de Treynor e Mazuy (1966) e Henriksson e Merton (1981). Estes modelos avaliarão o desempenho dos gestores, quer tendo em conta apenas um único fator de risco (risco de mercado), quer considerando três fatores de risco adicionais (os fatores de Fama e French e de Carhart). No contexto da condicionalidade, serão introduzidas outras variáveis aos modelos anteriores. A utilização dessas variáveis permitirá avaliar o seu impacto nas estimativas do desempenho e aferir quanto à existência de alfas e betas variáveis ao longo do tempo. Os resultados sugerem que os gestores de fundos não são capazes de superar o mercado, evidenciando desempenhos negativos ou neutros durante o período em análise, independentemente do uso de versões incondicionais ou condicionais. De uma maneira geral, as estimativas de desempenho pioram nos modelos condicionais unifatoriais de desempenho global e de timing face às versões incondicionais e melhoram nos modelos condicionais multifatoriais de desempenho global e de timing face às versões incondicionais. Os modelos condicionais denotam um aumento no seu poder explicativo e verifica-se alguma evidência de betas, mas não de alfas, variáveis ao longo do tempo, sobretudo em função da variável dividend yield.
The purpose of this work is to evaluate and compare the performance of Portuguese equity funds, investing in the domestic, European and International markets applying overall performance and timing models in their unconditional and conditional versions. We use Jensen's alpha (1968) as overall performance measure. To measure selectivity and market timing skills we use Treynor and Mazuy (1966) and Henriksson and Merton (1981) models, which allow us decompose the overall performance in these two components. These models will evaluate managers' performance, taking into account both the case of a single factor and also the multifactor case with three additional risk factors (Fama and French and Carhart factors). We use a conditional model that introduces other variables to previous models - a dividend yield, an indicator of the short-term interest and an indicator of the term structure of interest rates. The use of these variables will evaluate the impact on performance estimates and assess the existence of time-varying alphas and betas. The results suggest that fund managers are not able to outperform the market, showing neutral or negative performance during the analysis period, through the use of unconditional and conditional versions. In general, performance estimates worsen in conditional single factor models comparatively to their unconditional versions and the conditional multifactor models estimates improves relatively to their unconditional versions. The conditional models show an increase in their explanatory power and there is some evidence of time-varying betas but not alphas, mainly due to the dividend yield variable.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10515
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-LSRG-2012.pdf822,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.