Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10506
Título: Prevalência, grau de contaminação e viabilidade de ovos de Toxocara spp. em parques públicos da área da Grande Lisboa
Autor: Pureza, David do Espírito Santo Otero
Orientador: Carvalho, Luís Manuel Madeira de
Palavras-chave: Toxocara spp.
Zoonose
Saúde pública
parques públicos
estudo de prevalência
viabilidade de infeção
Lisboa
zoonosis
public health
public parks
prevalence study
infection viability
Lisbon
Data de Defesa: 30-Nov-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Pureza, D.E.S.O. Prevalência, grau de contaminação e viabilidade de ovos de Toxocara spp. em parques públicos da área da Grande Lisboa. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A Toxocarose é a zoonose parasitária mais comum dos países desenvolvidos, estimando-se que os casos de infeção deste parasita no ser humano estejam subvalorizados. É causada por nemátodes do género Toxocara, sendo os mais importantes no contexto urbano as espécies Toxocara canis e T. cati. De todas as possíveis vias de infeção destes parasitas para o ser humano, a ingestão de ovos presentes no solo é de longe a mais significativa. Assim, o presente estudo teve como objetivos: 1) avaliar a prevalência de ovos de Toxocara spp. no solo dos parques públicos da Grande Lisboa; 2) comparar, para cada parque, a prevalência de ovos das amostras fecais com as amostras de solo; 3) investigar a viabilidade de infeção dos ovos recolhidos; 4) estudar a sazonalidade da prevalência de ovos no solo e; 5) identificar a espécie de ovos de Toxocara presente em cada amostra. Ao todo foram recolhidas 151 amostras de solo e 135 amostras fecais provenientes de 19 parques públicos da área da Grande Lisboa. As amostras de solo foram analisadas segundo um método de centrifugação e sedimentação-flutuação, enquanto as amostras fecais foram analisadas pelo método adaptado de Cornell-Wisconsin. A incubação dos ovos recolhidos foi realizada em H2SO4 0,05M durante um período de 60 dias. Para a análise de sazonalidade foi recolhida uma amostra por mês durante um ano, no parque urbano Felício Loureiro em Queluz. A identificação morfológica da espécie dos ovos recolhidos foi realizada com base numa técnica modificada de medição do eixo maior e menor de cada ovo. A prevalência de ovos de Toxocara spp. no solo de parques públicos da área da Grande Lisboa foi de 63,2%, com 53,0% das amostras recolhidas a serem positivas para este parasita. A prevalência foi especialmente elevada nas caixas de areia dos parques infantis. A taxa de viabilidade dos ovos recolhidos foi de 56,0%. Relativamente às amostras fecais, 15,8% de todos os locais estudados e 5,9% das amostras foram positivas a Toxocara spp. Dos ovos de Toxocara spp. recolhidos, 50,8% não foi possível distinguir se eram T. cati ou T. canis, enquanto 41,7% foram identificados como T. cati e 7,5% como T. canis. Estes resultados apontam para uma elevada contaminação dos solos dos parques públicos da Grande Lisboa por este parasita, principalmente nas caixas de areia dos parques infantis. Os resultados levantam ainda questões sobre a importância relativa dos cães e gatos na disseminação urbana da doença. No global, os resultados indicam um elevado risco de infeção para animais e humanos, tendo desta forma os parques públicos um papel preponderante na perpetuação desta infeção.
ABSTRACT - Toxocarosis is the most common parasitic zoonosis in developing countries. The number of infection cases caused by this parasite is quite underestimated. Toxocarosis is caused by nematodes of genus Toxocara and the most important urban species are the Toxocara canis and T. cati. Among all the possible sources of infection to human beings, the ingestion of eggs from the soil is by far the most significant one. Therefore, this study had five objectives, namely: 1) to assess the prevalence of Toxocara spp. eggs in the soil of public parks in Greater Lisbon; 2) for each park, compare the prevalence of eggs from faeces with soil samples; 3) assess the viability of infection of the collected eggs; 4) study the egg prevalence seasonality in the soil, and; 5) identify the species of Toxocara eggs in each sample. A total of 151 soil and 135 faecal samples were collected in 19 public parks in Greater Lisbon. The soil samples were analysed using a centrifugation and sedimentation-flotation method whereas the faecal samples were analysed using an adaptation of the Cornell-Wisconsin method. The incubation of the collected eggs was performed by using H2SO4 0,05M during a 60 days period. The morphological species identification of Toxocara eggs, was achieved by using a modified version of a technique that measures the major and minor axis of each egg. The prevalence of Toxocara spp. eggs in the soil of public parks was estimated in 63,2%, with 53,0% of positive results for this parasite in the collected samples, being the prevalence especially high in playground sand boxes. The viability rate of the collected eggs was 56,0%. Regarding the faecal samples, 15,8% of all studied parks and 5,9% of samples were positive for Toxocara spp. About the species identification, 50,8% of the Toxocara spp. eggs recovered was not possible to distinguish whether T. cati or T. canis, 41,7% were identified as T. cati and 7,5% as T. canis. The obtained results suggest a high contamination of the soil of the public parks in Greater Lisbon with this parasite, especially in sand boxes of playgrounds. Additionally, the results raise several questions concerning the relative importance of dogs and cats for the overall urban dissemination of the disease. The results indicate that there is a high risk of infection for animals and humans. Public parks seem to play an important role to perpetuate this infection.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10506
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.