Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10472
Título: As PMEs em Portugal : a necessidade de inovação tecnológica e organizacional como estratégia internacional
Autor: Ribeiro, Maria Margarida Carriche
Orientador: Silva, Joaquim Ramos
Palavras-chave: PME
internacionalização
inovação
parceiros
estratégia
rede
SME
internationalization
innovation
partners
strategy
network
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Ribeiro, Maria Margarida Carriche (2012). "As PMEs em Portugal : a necessidade de inovação tecnológica e organizacional como estratégia internacional". Dissertação de Mestrado, Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O objectivo da investigação leva-nos a tentar identificar, quais as variáveis mais importantes para identificar a existência de uma estratégia de internacionalização deliberada, específica das PME. Procedemos ao estudo da política da EU para estas empresas e utilizamos o referencial das políticas top-bottom, para proceder à observação do impacto destas directivas no tecido empresarial português. O método utilizado foi o inquérito por questionário, dirigido a 500 PME, de diferentes sectores de actividade, que resultou numa taxa de resposta de 13,2 %,com relevância para as empresas da indústria transformadora. A base da investigação é o universo das micro, pequenas e médias empresas, cuja caracterização é feita com base na definição da EU. A conclusão a que chegamos é que a escolha dos parceiros não é utilizada como uma estratégia deliberada de internacionalização, continuando as empresas a dar particular atenção às relações directas com os clientes. Tendo em consideração a inexistência da estratégia deliberada, questionamos quais as alterações a introduzir na estrutura organizacional para ultrapassar esta dificuldade, nomeadamente na escolha dos parceiros, que sejam úteis para a formação de uma rede.
The main purpose of this research leads us to try an identification of which variables are more important for a deliberate strategy of internationalization, specifically for SMEs. We have reviewed the EU policies for these firms and used the orientation of top-bottom policies to observe the impact of the directives on Portuguese enterprises. The methodology used was an inquiry by questionnaire, addressed to 500 SMEs from different sectors of activity, which resulted in a rate of 13,2% of validated responses, where the manufacturing industry is particularly represented. The raw material of the research is SMEs universe using the definition of EU. We reached out for the conclusion that the choice of the partners is not used as deliberate strategy of internationalization and that the firms keep paying more attention to the direct relations with customers. Considering the lack of a deliberate strategy, we question which changes must be introduced in the structure of the organizations to overcome that difficulty, namely the choice of the partners which will be more useful to create and establish a network of relations.
Descrição: Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10472
Aparece nas colecções:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-MMCR-2012.pdf3,07 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.