Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10466
Título: Central bank independence and stock market returns
Autor: Costa, Pedro Miguel Mendes Rosa
Orientador: Garcia, Maria Teresa
Palavras-chave: Independência dos bancos centrais
retornos dos mercados financeiros
dados em painel
países desenvolvidos
Central bank independence
stock market returns
panel analysis
developed economies
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Costa, Pedro Miguel Mendes Rosa (2015). "Central bank independence and stock market returns". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A independência dos bancos centrais é considerada tanto pela literatura como pelos decisores políticos como essencial para atingir estabilidade nos níveis de inflação estável e bem estar económico a longo prazo nas economias modernas. Geralmente, é uma teoria suportada pela ideia de que a independência dos bancos centrais permite atingir essa estabilidade sem prejudicar outras variáveis da economia. Até agora, e salvo raras exceções, os estudos feitos pela literatura sobre a relação da independência dos bancos centrais e as variáveis macroeconómicas têm negligenciado os retornos agregados dos mercados financeiros. Usando um conjunto de 21 países desenvolvidos, calculamos os respetivos retornos dos índices financeiros utilizando os índices MSCI, cotados em dólares americanos, e testamos se é possível encontrar algum impacto causado pelos vários níveis de independência dos bancos centrais. A nossa análise abrange um período de 20 anos e os resultados levam-nos a concluir que a hipótese de "free lunch" que acompanha os defensores da independência dos bancos centrais não é rejeitada quando estudamos o seu impacto nos retornos dos mercados financeiros.
Central bank independence is regarded by both literature and policymakers as essential for achieving stability in inflation and long term welfare in modern economies, and it is usually supported by the idea that it accomplishes such stability without harming other variables in the economy. Until very recently, the literature studies of its effect on several macroeconomic variables have neglected the analysis of stock market returns. Using a set of 21 developed countries, we calculate the respective yearly stock returns using the MSCI indices, quoted in US Dollars, and test if it is possible to trace an impact caused by the levels of independence of the countries' central banks. Our analysis spans for a period of 20 years and the results lead us to conclude that the free lunch hypothesis behind central bank independence cannot be rejected when its impact is studied on stock market returns.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10466
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-PMMRC-2015.pdf559,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.