Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10441
Título: Avaliação da fluência leitora : estudo exploratório de adaptação do Gray Oral Reading Tests 4, GORT 4, em crianças com e sem dificuldades na leitura do 3º ano do 1º CEB de um Agrupamento de Escolas de Leiria
Autor: Estrela, Joana Catarina Mónico
Orientador: Cruz, Vítor Manuel Lourenço da
Palavras-chave: Fluência na leitura
Avaliação
Gray Oral Reading Tests (GORT4)
Prova de Avaliação da Fluência na Leitura (PAFL)
Dificuldades na leitura
Reading fluency
Assessment
Reading Disabilities
Data de Defesa: 2015
Resumo: A presente investigação subordina-se à temática da avaliação da Fluência na Leitura, que é considerada, atualmente, como uma competência ponte entre a descodificação e a compreensão (Esteves e Cruz, 2008). O estudo foi realizado com uma amostra de 51 crianças do Agrupamento de Escolas Caranguejeira-Santa Catarina da Serra divididas em dois grupos: grupo sem dificuldades na leitura e grupo com dificuldades na leitura. Estes grupos foram organizados com base no parecer dos professores titulares de turma e na aplicação da Prova de Avaliação da Fluência na Leitura (PAFL) (Esteves, 2012). O primeiro objetivo da investigação incidiu na tradução e adaptação do Gray Oral Reading Tests 4 (GORT 4) (Wiederholt e Bryant, 2001), e no estudo da sua validade, enquanto caraterística psicométrica. O segundo objetivo foi verificar se existem diferenças estatisticamente significativas entre grupos (com e sem dificuldades na leitura). Para a concretização do primeiro objetivo, recorreu-se ao estabelecimento de correlações entre as diferentes provas da PAFL e do GORT 4, tendo em conta as variáveis: tempo, palavras corretamente lidas, precisão leitora, velocidade leitora, expressividade e ritmo. O segundo objetivo foi estudado com recurso ao teste não paramétrico Mann Whitney. Os resultados deste estudo apontam para a existência de correlações fortes entre as diferentes provas aplicadas, nas variáveis: tempo, palavras corretamente lidas, precisão, velocidade e ritmo, o que parece indicar o GORT 4 como um teste válido para a avaliação da fluência. Não obstante, após a discussão de resultados chegou-se à conclusão que este pode não ser o teste mais adequado para a avaliação de crianças portuguesas. Relativamente aos grupos, encontraram-se diferenças estatisticamente significativas entre os mesmos para a maioria das variáveis (exceção da expressividade). Esta investigação reforça a importância no investimento ao nível da avaliação da fluência para identificação e monotorização de dificuldades na leitura.
This research is subordinate to the issue of evaluation of reading fluency, which is currently considered as a bridge between decoding and comprehension (Esteves & Cruz, 2008). The study was conducted with a sample of 51 children from the school group Caranguejeira-Santa Catarina da Serra which were divided into two groups: a first group without reading disabilities and a second group with reading disabilities. On this sense, these were chosen based on the opinion of classroom teachers and application of Prova de Avaliação da Fluência na Leitura (PAFL) (Esteves, 2012). The first purpose of the research is the translation and adaptation of Gray Oral Reading Tests 4 (GORT 4) (Wiederholt and Bryant, 2001), and the study of its validity as psychometric feature. The second purpose was to determine the existence of statistically significant differences between groups (with and without reading disabilities). In order to achieve the first purpose, it was established correlations between the different tests of PAFL and GORT 4, taking into account the variables: time, words read correctly, accuracy, speed, expression and pace. The second purpose was studied with the nonparametric Mann Whitney test. The results of this study point to the existence of strong correlations between the different tests applied, to the variables: time, words read correctly, accuracy, speed and pace. This indicates that GORT 4 is a valid test for assessing fluency. Nevertheless, after the discussion of results, it came to the conclusion that this may not be the most appropriate test for the evaluation of portuguese children. Relatively to groups, it was found statistically significant differences between them for most variables (except for the expression). This research reinforces the importance of investment in the evaluation of reading fluency and its role on the identification and monitoring of reading disabilities.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10441
Designação: Mestrado em Reabilitação Psicomotora
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Joana Estrela 2015.pdf4,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.