Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10416
Título: Capacidade do Teste da Caminhada dos 6 minutos, TC6, e do Shuttle Wallking Test, SWT, para representar componentes da condição física funcional de pessoas idosas físicamente independentes
Autor: Gomes, Simone Carneiro
Orientador: Pereira, José Henrique Fuentes Gomes
Palavras-chave: Adultos idosos
Regressão linear
Teste aeróbio máximo
TC6
SWT
Variáveis motoras
Teste aeróbio submáximo
Género
Faixa etária
Condição física funcional
Elderly person
Linear regression
Maximum aerobic test
6MWT
Motor variables
Submaximal aerobic testing
Genre
Age
Functional fitness
Data de Defesa: 2014
Resumo: O estudo analisou as associações entre os testes aeróbios, máximo (SWT) e submáximo (TC6) com variáveis da aptidão física funcional de pessoas idosas fisicamente independentes e verificou se esses testes representam componentes da condição física funcional neste grupo etário. A amostra foi constituída por 396 adultos idosos (268 mulheres; 64-72 anos e 128 homens; 65-74). O método estatístico utilizado foi o de regressão linear com variáveis motoras independentes: agilidade, equilíbrio, flexibilidade, força de membros superiores e inferiores e variáveis dependentes: TC6 e SWT. As análises ocorreram conforme gênero, grupos etários e grupo em geral. Os resultados mostraram que os coeficientes de determinação variaram entre R2 de 0,47 a 0,60, indicando certa homogeneidade dos modelos de regressões, independente da classificação do grupo (geral, por gênero ou etários). Os resultados observados de magnitude de relacionamento (β) para agilidade variaram de 37 a 70 e equilíbrio, de 12 a 40, sendo as principais capacidades preditoras em ambos os testes. Em conclusão, os valores de R2 não sofreram grandes alterações quando analisados conforme sexo ou faixa etária, o que nos permite afirmar que ambos os testes podem ser utilizados para inferir componentes da condição física funcional de pessoas idosas, entretanto o TC6 seria o mais indicado por se tratar de um teste submáximo, reduzindo riscos à integridade física.
The study analyzed associations between aerobic tests, maximum (SWT) and submaximal (6MWT) with variable functional physical fitness physically independent elderly people and found that those tests represent components of the functional physical condition in this age group. The sample consisted of 396 older adults (268 women, 64-72 years and 128 men, 65-74 years). The statistical method used was linear regression with independent motor variables: agility, balance, flexibility, strength of upper and lower limbs and the dependent variables: 6MWT and SWT. The analyzes were conducted according to gender, age and the total group. The results showed that the coefficients of determination R2 ranged between 0,47-0,60, indicating homogeneity of regression models, regardless of the group classification (overall, by gender or age). The results observed magnitudes of relationship (β) for agility ranged 37-70 and 12-40 for balance, being the main determinants capabilities in both tests. In conclusion, R2 values did not change much when analyzed according to gender or age, which allows us to state that both tests can be used to infer the functional fitness of elderly people, however the 6MWT is the best alternative because it is a submaximal test, reducing risk to their integrity.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10416
Designação: Mestrado em Exercício e Saúde, Ramo de Investigação
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Reformulação Final -Entrega.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.