Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10380
Título: Avaliação dos níveis serológicos de HER-2 : relevância clínica em cadelas com tumores mamários malignos
Autor: Pereira, Marta Ornelas Dantas
Orientador: Ferreira, Fernando António da Costa
Soares, Maria João da Costa
Palavras-chave: Tumores mamários caninos
HER-2
Sobre-expressão
sHER-2
Dot Blot
Canine mammary tumors
Overexpression
Data de Defesa: 5-Nov-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Pereira, M.O.D. (2015). Avaliação dos níveis serológicos de HER-2 : relevância clínica em cadelas com tumores mamários malignos. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O cancro é das principais causas de morte nos animais domésticos. Além disso, muitas formas de neoplasia assemelham-se às suas homólogas nos humanos, em termos de comportamento biológico, expressão génica e fatores de risco. À semelhança do cancro mamário na Mulher, os tumores mamários malignos caninos representam um grupo heterogéneo em termos morfológicos e biológicos. Adicionalmente, a grande importância dos tumores mamários caninos na medicina canina prende-se com o facto destes representarem a neoplasia mais comum nas fêmeas desta espécie. É sabido que na espécie humana, aproximadamente 15–30% do total de cancros mamários sobre-expressam o recetor HER-2, conferindo-lhe uma maior agressividade e pior sobrevivência. A clivagem proteolítica do HER-2 (HER-2 shedding) gera moléculas solúveis formadas apenas pelo domínio extracelular (DEC) do recetor e cuja concentração pode ser quantificada no soro. Recentemente, os níveis séricos do DEC (sHER-2) têm sido propostos como um biomarcador para a determinação do status do HER-2 nos tumores mamários. Na cadela, alguns estudos demonstraram que a sobre-expressão do HER-2 ocorre em 9,8–48% dos tumores mamários malignos. No entanto, as possíveis analogias em termos prognósticos e preditivos entre os padrões da sobre-expressão proteica na espécie canina e humana é um tema que só recentemente começou a ser estudado e que para o qual existem resultados controversos. O objetivo deste estudo foi avaliar os níveis séricos de HER-2 (com base na quantificação do DEC) em cadelas com carcinoma mamário e estudar a associação destes níveis com diferentes variáveis clínico-patológicas, no sentido de investigar o potencial deste recetor como alvo terapêutico. A expressão do HER-2 foi avaliada em vinte e cinco amostras de soro, através da técnica de Dot Blot. Quinze (60%) animais com tumores mamários malignos apresentaram níveis aumentados de sHER-2, mostrando associação positiva com o tamanho tumoral. Os resultados obtidos sugerem que, na espécie canina, níveis aumentados de sHER-2 se associam a algumas características tumorais mais desfavoráveis, como reportado no cancro mamário na Mulher e, que a possibilidade do uso de anticorpos anti-HER-2 em cadelas com tumores mamários que mostrem sobre-expressão de HER-2 deverá ser avaliada.
ABSTRACT - Cancer is a major cause of death in domestic animals. Furthermore, many types of pet neoplasm resemble human counterparts in biological behavior, gene expression and risk factors. Similarly to breast cancer in woman, canine malignant mammary tumors represent a heterogeneous group in terms of morphology and biology. Additionally, the great importance of canine mammary tumors in canine medicine it´s due to the fact that these represent the most common neoplasm in females of this species. It is known that in humans, approximately 15–30% of breast cancers overexpress the HER-2 receptor, which confers greater aggressiveness and a worse survival. HER-2 proteolytic cleavage (HER-2 shedding) generates soluble molecules that include only the extracellular domain (ECD) of the receptor and the concentration of which can be quantified in sera. Recently, serum ECD levels (sHER-2) have been proposed as a biomarker for the determination of the HER-2 status of breast tumors. In the bitch, some studies have shown that HER-2 overexpression occurs in 9.8–48% of malignant mammary tumors; however, possible prognostic and predictive analogies between protein overexpression patterns in canine and human species is a topic that has only recently begun to be studied and for which there are conflicting results. The aim of this study was to evaluate the serum levels of HER-2 (based on the quantification of ECD) in bitches with mammary carcinoma and to study the association between these levels and different clinicopathological variables, in order to investigate the potential of this receptor as a therapeutic target. HER-2 expression was evaluated in twenty five serum samples, using the Dot Blot technique. Fifteen (60%) animals with malignant mammary tumors showed increased levels of sHER-2, which was positively associated with tumor size. The results obtained suggest that, in canine species, increased levels of sHER-2 associate with some less favorable tumor features, as also reported for human breast cancer and that the possibility of using anti-HER-2 antibodies in bitches with HER-2 overexpressing mammary tumors should be investigated.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10380
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.