Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10233
Título: Desenvolvimento do sistema financeiro e crescimento económico de Angola
Autor: Eduardo, Maria Teresa Dinis de Magalhães
Orientador: Ferreira, Maria Cândida
Palavras-chave: Angola
Desenvolvimento Financeiro
Crescimento Económico
Dados de Painel
Financial Development
Economic Growth
Panel Data
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Eduardo, Maria Teresa Dinis de Magalhães (2011). "Desenvolvimento do sistema financeiro e crescimento económico de Angola". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Esta dissertação tem por objectivo analisar empiricamente a relação entre o desenvolvimento do sistema financeiro e o crescimento económico de Angola no período de 1999 a 2007. Para este trabalho construiu-se um painel de dados que se utilizou para estimar uma regressão linear que procurou analisar a relação entre o crescimento económico (o PIB real per capita) e quatro variáveis explicativas: duas representativas da evolução do sistema financeiro e duas variáveis de controlo. Os resultados sugerem que a variável crédito privado embora apresente um coeficiente com sinal positivo não é estatisticamente significativa. A variável M2 revela-se estatisticamente significativa, apresentando um efeito positivo no crescimento económico. Quanto às variáveis de controlo, o IPC e o grau de abertura ao exterior, também apresentam um impacto significativo no crescimento económico de Angola, contudo, enquanto que a primeira tem uma relação negativa a segunda tem uma relação positiva.
This thesis aims to analyze empirically the relationship between the development of the financial system and economic growth in Angola from 1999 to 2007. For this study we constructed a panel data that was used to estimate a linear regression sought to analyze the relationship between economic growth (real GDP per capita) and four explanatory variables: two representing the evolution of the financial system and two variables control. The results suggest that the private credit variable although it has a coefficient with positive sign is not statistically significant. The variable M2 turns out to be statistically significant, showing a positive effect on economic growth. Regarding the control variables, the CPI and the degree of external openness, also have a significant impact on economic growth in Angola, however, while the former has a negative relationship the second has a positive relationship.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10233
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-MTDME-2011.pdf577,35 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.