Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10207
Título: Investimentos das Empresas Portuguesas na Guiné-Bissau
Autor: Naboma, Raúl Gomes
Orientador: Simões, Vítor Corado
Palavras-chave: IDE
EMN
Internacionalização
Motivos
Barreiras
Reformas
Potencialidades
Empresas Portuguesas
FDI
MNE
Internationalization
Reasons
Barriers
Reforms
Potentialities
Portuguese Companies
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Naboma, Raúl Gomes (2011). "Investimentos das Empresas Portuguesas na Guiné-Bissau". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Nos dias que correm, os países cocorrem uns com os outros para captar uma maior "fatia" do IDE mundial devido à sua importância no desenvolvimento económico e social. Não basta apenas um país ter potencialidades, mas é preciso criar condições que favoreçam a atracção de investimentos, sobretudo estrangeiro, procedendo às reformas no sentido de liberalizar a economia e dinamizar o sector privado. Este é o dilema com que a Guiné-Bissau está confrontada apesar dos esforços que têm sido feitos nos últimos anos. O nosso estudo é sobre o investimento das empresas portuguesas na Guiné-Bissau, com o objectivo de tentar perceber quais foram as razões de investimento, as barreiras encontradas e as potencialidades que o país oferece. Mas também, pretendemos explicar as razões do desinvestimento. Do nosso conhecimento este é um estudo pioneiro no campo do investimento estrangeiro na Guiné-Bissau. Os resultados obtidos confirmaram no essencial aquilo que foi referido na revisão da literatura, respondendo assim às nossas questões de investigação e que nos permitiu chegar às seguintes conclusões: relativamente aos motivos de investimento, todas as empresas que colaboraram neste estudo mencionaram a procura de novos mercados como a principal razão de investimento, e quanto às barreiras, todos os entrevistados assinalaram a instabilidade política como a principal barreira ao investimento na Guiné-Bissau.
Nowadays, countries compete with each other to capture the largest "slice" of the world's FDI for the reason of its importance in the econmic and social development. It isn't enough countries have potentialities; they need to create conditions that allows the attraction of invetments, especially the foreign ones, and proceed to reforms to liberalized the economy and to boost the private sector. This is the dilemma that Guinea-Bissau faces despite the efforts that have been made all over the years. Our study is about the investments made by Portuguese companies in Guinea-Bissau; the aim is to understand the reasons why companies invest, the barriers they found and the potentialities that country offers. We also intend to explain the reasons for disinvestment. To our best knowledge, this is a pioneering study in the field of foreign investment Guinea-Bissau. The results essentially confirmed what was reported in the literature review, answering our research questions and allowed us to reach the following conclusions: regarding the reasons of invetment, all companies that cooperated in this study mentioned the search for the new markets as the main reason for investment, concerning the barriers all the interviewees pointed to the political instability as the main barrier to investment in Guinea-Bissau.
Descrição: Mestrado em Ciências Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10207
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-RJMC-2012.pdf2,77 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.