Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10185
Título: The Margins of portuguese trade and the euro
Autor: Araújo, Wilson Nicolau Melim
Orientador: Opromolla, Luca
Palavras-chave: Economia Internacional
Empresas Heterogéneas
Diferenciação do Produto
Testes de Raiz Unitária
Aproximação de Fourier
Efeitos de Tratamento
International Economics
Heterogeneous Firms
Product Differentiation
Unit-Root Tests,
Fourier Approximation
Treatment Effects
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Araújo, Wilson Nicolau Melim (2011). "The Margins of portuguese trade and the euro". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este artigo analisa as características seccionais e temporais das exportações Portuguesas entre 1995 e 2002, antes e depois da introdução da moeda única europeia: o Euro. A análise baseia-se num conjunto de margens de comércio, que compõem o valor total das exportações num dado mercado, incluindo o número de empresas exportadoras, o número de produtos exportados (margem extensiva), e as exportações médias por combinação empresa-produto (margem intensiva). Usando uma base de dados de comércio internacional para Portugal, extremamente rica e extensiva, demonstramos os seguintes resultados. Em primeiro lugar, a margem extensiva (principalmente o número de exportadores e o número de produtos exportados) é o principal factor que explica a variação seccional das exportações Portuguesas entre os parceiros comerciais. Em segundo lugar, a evolução ao longo do tempo de todas as margens de comércio para a Zona Euro é dominada por uma raiz unitária, implicando, por exemplo, que os choques que afectam o número de exportadores, o número de produtos exportados ou as exportações médias por combinação empresa-produto terão efeitos permanentes. Em terceiro lugar, identificamos três possíveis efeitos da introdução do Euro em 1999: (i) um efeito positivo sobre o número de empresas exportadoras nos quatro anos anteriores à introdução, (ii) um efeito positivo na margem intensiva, i.e., exportações médias por combinação empresa-produto, de 1998 até 2002, e (iii) uma tendência para as empresas homogeneizarem o conjunto de produtos exportados para diferentes destinos, de 1999 a 2002.
This paper analyzes the cross-sectional and time-series characteristics of Portuguese exports between 1995 and 2002, before and after the introduction of the single European currency: the Euro. The analysis focuses on a set of trade margins, that compose the total value of exports in a given market, including the number of exporting firms, the number of products exported (extensive margin), and the average exports per firm-product pair (intensive margin). Using an extremely rich and comprehensive international trade data set for Portugal, we show the following results. First, the extensive margin (mainly the number of exporters and the number of exported products) is the main factor explaining the cross-sectional variation of Portuguese exports across trading partners. Second, the evolution over time of all trade margins for the Euro Zone is dominated by a unit root, implying, for example, that shocks affecting the number of exporters, the number of exported products or the average exports per firm-product pair will have permanent effects. Third, we identify three potential effects of the introduction of the Euro in 1999: (i) a positive effect on the number of exporting firms in the four years before the introduction; (ii) a positive effect on the intensive margin, i.e. average exports per firm-product pair, from 1998 until 2002, and (iii) a tendency for firms to homogenize the set of products exported to different destinations, from 1999 to 2002.
Descrição: Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10185
Aparece nas colecções:DM - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-WNMA-2011.pdf328,64 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.