Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10164
Título: Produtos de poupança de longo prazo : análise comparativa
Autor: Lopes, Cátia Raquel das Neves
Orientador: Garcia, Maria Teresa
Palavras-chave: Poupança
Investimento
Produtos de Poupança
Literacia Financeira
Consumo
Inflação
Saving
Investment
Saving Products
Financial Literacy
Consumption
Inflation
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Lopes, Cátia Raquel das Neves (2011). "Produtos de poupança de longo prazo : análise comparativa". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este estudo efectua uma análise comparativa dos principais produtos de poupança transaccionados em Portugal, no sentido de verificar se existe um real incentivo à criação de poupança em Portugal. A análise efectuada baseia-se nas rendibilidades anuais reais de vários produtos financeiros e respectiva comparação dessas mesmas rendibilidades, durante o período de 2006 a 2010, utilizando como benchmark a rendibilidade anual real do índice PSI-20. Através desta análise comparativa, concluiu-se que apesar da instabilidade nos mercados, durante o ano de 2008 e novamente em 2010, existem produtos financeiros, que mantiveram uma rendibilidade média anual um pouco abaixo dos 3% como as Obrigações do Tesouro ou mesmo acima dessa taxa como os Seguros de Capitalização. Concluiu-se também que os Fundos de Investimento Internacionais, apresentam uma performance bastante superior aos Fundos de Investimento Nacionais, que poderá ser explicado em parte pelo facto de os montantes sob gestão de Sociedades Gestoras Internacionais terem uma dimensão muito maior do que os montantes sob gestão nacionais. Devido á crescente complexidade dos produtos financeiros, é importante que sejam estudadas formas de aumentar a literacia financeira em Portugal, no sentido de disponibilizar aos indivíduos o conhecimento para que as decisões sejam tomadas de forma correcta e consciente.
This study makes a comparative analysis of the savings products traded in Portugal, in order to verify if there is a real incentive creating savings in Portugal. The analysis is based on annual real returns of financial products and comparison of these returns for the period 2006 to 2010, using as benchmark the annual real returns index PSI-20. Through this comparative analysis, it was concluded that despite the market instability during the years of 2008 and 2010, there are financial products, which have maintained an average annual return a fewer than 3%, as government bonds or even above this rate as insurance. It was also concluded that International Mutual Funds, have a better performance than Portuguese Mutual Funds, which may be explained by the fact that the amount under management, in the case of International Mutual Funds is much larger than is in Portuguese Mutual Funds. Due to the growing complexity of financial products, it is important to study ways to increase financial literacy in Portugal, in order to provide knowledge to individuals so that decisions are taken properly and conscious.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10164
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-CRNL-2011.pdf414,92 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.