Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10119
Título: Propriedade familiar e desempenho da empresa : análise empírica do sector automóvel português
Autor: Balde, Abdelaziz Ibrahim
Orientador: Samagaio, António
Palavras-chave: Propriedade
Controlo
Desempenho
Empresa familiar
Ownership
Management
Performance
Family firm
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Balde, Abdelaziz Ibrahim (2012). "Propriedade familiar e desempenho da empresa : análise empírica do sector automóvel português". Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Este estudo analisa a influência da propriedade familiar no desempenho financeiro das empresas de retalho automóvel em Portugal. O estudo incidiu sobre uma amostra constituída por 42 empresas portuguesas no período de 2005 a 2008. Os dados utilizados na amostra são provenientes da base de dados Amadeus. Em termos globais, as empresas deste sector apresentaram indicadores de performance (ROE e ROA) negativos, sintoma de que o sector apresenta desafios importantes de gestão. Os resultados do estudo mostram que as empresas familiares apresentaram indicadores de performance inferiores face às empresas não-familiares. Adicionalmente, as empresas familiares apresentam um elevado grau de endividamento, menor rendibilidade líquida das vendas e liquidez face às empresas não-familiares. Assim, os resultados sugerem que as empresas familiares deste sector estão confrontadas com desafios acrescidos face às empresas não-familiares.
This study examines the influence of family ownership on the companies' financial performance in the automotive sector in Portugal. The study was based on 42 companies during the period 2005-2008. The sample data was provided by the Amadeus database. Overall, the companies studied in this sector presented negative performance measures (ROA and ROE). These findings may suggest that the automotive sector in Portugal is experiencing important management challenges. The results show that family firms underperform in terms of accounting measures compared to their counterpart nonfamily firms. Furthermore, family firms have relatively higher debt ratios, low net profit margin and liquidity to that of nonfamily firms. Thus, the findings suggest that family firms in this sector face more challenges in comparison to nonfamily firms.
Descrição: Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10119
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-AIB-2012.pdf612,79 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.