Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10098
Título: Contributo para o estudo da leptospirose canina na Grande Área Metropolitana de Lisboa
Autor: Duarte, Rui Bruno Varela da Silva
Orientador: Domingues, Sofia Brazão
Delgado, Esmeralda Sofia da Costa
Palavras-chave: Leptospirose canina
Quadro clínico
Hemorragia pulmonar
Tratamento
Prognóstico
Cão
Canine leptospirosis
Clinical presentation
Pulmonary haemorrhage
Treatment
Prognosis
Dog
Data de Defesa: 19-Out-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Duarte, R.B.V.S. (2015). Contributo para o estudo da leptospirose canina na Grande Área Metropolitana de Lisboa. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa
Resumo: Com o objectivo de contribuir para a caracterização clínica da leptospirose canina na Grande Área Metropolitana de Lisboa, realizou-se um estudo retrospectivo com a contribuição de três unidades hospitalares veterinárias da área, entre Janeiro de 2014 e Março de 2015. Investigou-se epidemiologia, métodos de diagnóstico, sinais clínicos, resultados laboratoriais, terapêutica, taxa de sobrevivência e indicadores de prognóstico. A análise estatística foi feita, recorrendo ao teste exacto de Fischer, risco relativo e teste Kruskal-Wallis. Foram diagnosticados 28 cães com leptospirose, 16 machos (57%) e 12 fêmeas (43%). O ELISA foi o método de diagnóstico laboratorial mais utilizado (61%). Os sinais clínicos mais frequentes foram vómito (71%), letargia (68%) e anorexia (57%). No hemograma destacaram-se leucocitose com neutrofilia (71%), anemia (40%) e trombocitopénia (42%). Houve quadro renal em 93% dos casos, hepático em 75% e pulmonar em 61%. A hepatomegália (48%) e a renomegália (43%) foram as alterações mais frequentes na ecografia abdominal. A ampicilina foi o antibiótico mais utilizado (64%), seguido da doxiciclina (50%). A taxa de sobrevivência foi de 43%, sendo a hemorragia pulmonar a principal causa de morte (81%). Neutrofilia e quadro pulmonar aumentaram o risco de mortalidade da doença em 4 vezes (p=0,048) e 4,5 vezes (p=0,0013) respectivamente, apresentando-se como potenciais indicadores de prognóstico. Seria necessário um estudo com maior casuística e mais dados laboratoriais e de imagiologia para uma avaliação epidemiológica da doença mais completa e investigação de mais indicadores de prognóstico.
ABSTRACT - As a contribution to the clinical characterization of the canine leptospirosis in the Large Metropolitan Area of Lisbon, a retrospective study was performed with the collaboration of three veterinary hospitals within the area, between January 2014 and March 2015. The following parameters were analyzed: epidemiology, diagnosis criteria, clinical signs, laboratorial results, therapy, survival rate and outcome predictors. Statistical data was analyzed with Fisher exact test, relative risk and Kruskal-Wallis test. Leptospirosis was diagnosed in 28 animals, 16 males (57%) and 12 females (43%). ELISA was the most frequently used laboratorial diagnosis method (61%). The most frequent clinical signs were vomit (71%), lethargy (68%) and anorexia (57%). In the complete blood count neutrophilic leukocytosis (71%), anaemia (40%) and thrombocytosis (42%) were predominant. There was renal presentation in 93% of the cases, hepatic presentation in 75% and pulmonary presentation in 61%. Hepatomegaly (48%) and renomegaly (43%) were the most frequent alteration in the abdominal ultrasound. Ampicilin was the chosen antibiotic in most cases (64%), followed by doxiciclin (50%). The survival rate was 43%, with the pulmonary haemorrhage as the main cause of death (81%). The presence of neutrophilia and the development of pulmonary presentation increased the risk of mortality in 4 times (p=0,048) and 4,5 times (p=0,0013) respectively, representing possible outcome predictors. Further studies with more clinical cases and more laboratorial and imaging data would be necessary for an improved epidemiological characterisation of the disease and investigation of more outcome predictors.
Descrição: Dissertação Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10098
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Contributo para o estudo da Leptospirose Canina na Grande Área Metropolitana de Lisboa.pdf2,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.