Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/10038
Título: The impact of vaccination on the consumption of antimicrobials in pigs
Autor: Silva, Carolina Pereira Temtem da
Orientador: Boinas, Fernando Jorge Silvano
Alban, Lis
Palavras-chave: Antimicrobial consumption
Alternatives
Vaccination
Pigs
VetStat
Denmark
Consumo de antimicrobianos
Alternativas
Vacinação
Suínos
Dinamarca
Data de Defesa: 14-Out-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Silva, C.P.T. (2015). The impact of vaccination on the consumption of antimicrobials in pigs. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Antimicrobial agents are being used in modern swine production worldwide, generating concern with regards to the development of antimicrobial resistance. Identifying efficient alternatives has therefore become a subject of interest. The aim of this study was to explore the impact of vaccination as an alternative to antimicrobial consumption in pig herds. The hypothesis was that herds with increased use of vaccination would have a lower antimicrobial consumption. Data were obtained from the Danish VetStat database in which prescriptions of medication for livestock are recorded as well as the Danish Central Husbandry Register. All Danish one-site pig herds, active in year 2013, with >50 sows and >200 weaners were selected for the study. Initially, data were analysed using a univariable model, and secondly a multivariable linear regression model was applied. The analyses included the use of three different vaccines against Porcine Circovirus Type 2 (PCV2), Mycoplasma hyopneumoniae (M_HYO) and Lawsonia intracellularis (LAW), respectively, as well as annual production measured as number of weaners produced in a year. The antimicrobial consumption was measured in animal daily doses (ADD). Out of the 1,513 herds selected for the study, 1,415 herds had antimicrobials prescribed for gastrointestinal disorders, and 836 for respiratory disorders. PCV2 vaccine was used in 880 herds, M_HYO vaccine in 787 and LAW vaccine was the least used, with 115 herds using it. The results suggested that antimicrobials, to some extent, were being used for other disease categories than those officially prescribed by the veterinarians. On average, herds using different combinations of vaccines had higher use of antimicrobials than herds not using the vaccines. Information about vaccination protocols, health status, biosecurity, and management practices was not available, limiting the ability to assess causality.
RESUMO - O IMPACTO DA VACINAÇÃO NO CONSUMO DE ANTIMICROBIANOS EM SUÍNOS - Os agentes antimicrobianos são mundialmente utilizados na produção suinícola, originando preocupação no que diz respeito ao desenvolvimento de resistência a estes agentes. Nesse sentido, a identificação de alternativas eficientes à utilização de antimicrobianos tem ganho interesse. O objetivo do presente estudo foi explorar a utilização de vacinas como alternativa aos antimicrobianos em porcos de engorda. Os dados para a realização do estudo foram obtidos através do registo nacional dinamarquês de explorações e da base de dados VetStat, na qual são registadas as prescrições de medicamentos para as explorações. Todas as explorações suinícolas ativas em 2013, com a produção realizada num único espaço físico, >50 porcas e >200 leitões desmamados foram consideradas para o presente estudo. Inicialmente, os dados foram analisados recorrendo a um modelo univariável, e secundariamente a um modelo multivariável de regressão linear. A análise incluiu os dados correspondentes à utilização de 3 vacinas: circovírus suíno tipo 2 (PCV2), Mycoplasma hyopneumoniae (M_HYO) e Lawsonia intracellularis (LAW), e a produção anual – medida em número de animais produzidos por ano. O consumo de antimicrobianos foi medido em doses diárias por animal (ADD). Das 1513 explorações incluídas no estudo, 1415 tinham prescrição de antimicrobianos com indicação para afeções gastrointestinais, e 836 para afeções respiratórias. A vacina contra o PCV2 foi utilizada em 880 explorações, a M_HYO foi utilizada em 787 e a LAW, com a menor utilização, em 115. Os resultados sugeriram que os antimicrobianos estavam a ser utilizados, de certa forma, em categorias terapêuticas distintas daquela para a qual foram originalmente prescritas pelo veterinário. Em média, as explorações que utilizaram diferentes combinações de vacinas apresentaram uma maior utilização de antimicrobianos do que aquelas que não vacinavam. No entanto, deve ser tido em conta que informações relativas a protocolos de vacinação, categorização do estado sanitário das explorações, medidas de biossegurança e ainda práticas de maneio, não estavam disponíveis, constituindo uma limitação ao acesso da causalidade.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/10038
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
THE IMPACT OF VACCINATION ON THE CONSUMPTION OF ANTIMICROBIALS IN PIGS.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.