Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/858
Título: A hipótese do Investment Development Path: uma abordagem por dados em Painel. Os casos de Portugal e Espanha
Autor: Fonseca, Miguel
Mendonça, António
Passos, José
Palavras-chave: Empresas Multinacionais
Investimento Directo Estrangeiro
Investment Development Path
Portugal
Espanha
Data: 2009
Editora: ISEG - Departamento de Economia
Citação: Fonseca, Miguel, António Mendonça e José Passos . 2009. "A hipótese do Investment Development Path: uma abordagem por dados em Painel. Os casos de Portugal e Espanha". Instituto Superior de Economia e Gestão - DE Working papers 5-2009
Relatório da Série N.º: Working papers;nº 5/2009/DE
Resumo: Observando as transformações ocorridas na economia mundial no último quarto do século XX, como resultado do processo de liberalização, desregulamentação e abertura dos mercados, um dos traços mais significativos residiu na emergência de Empresas Multinacionais (EMN) em todos os sectores de actividade e países do mundo. Em consequência, os fluxos de investimento directo no estrangeiro (IDE) promovidos por estas EMN registaram no mesmo período um crescimento superior ao dos fluxos de comércio e da própria produção mundial, legitimando a necessidade de reformular o quadro teórico de compreensão do IDE. Neste contexto, a presente análise é baseada na hipótese do Investment Development Path (IDP), introduzida por dunning (1981, 1986) e desenvolvida por dunning e narula (1996) e durán e úbeda (2001), a qual associa a posição líquida de investimento directo no estrangeiro ou Net Outward Investment de um país com o seu nível de desenvolvimento económico expresso pelo Produto Interno Bruto per capita. Desta forma, procede-se no presente artigo à verificação desta hipótese em Portugal, na União Europeia, nos E.U.A. e no Japão, no horizonte temporal de 1990 a 2006, recorrendo ao modelo econométrico de dados em painel com efeitos fixos. Dedica-se igualmente uma particular atenção a Portugal e Espanha, com vista a enquadrar as economias vizinhas no padrão de evolução previsto pelo IDP, e assim retirar ilações quanto à capacidade competitiva dos dois países à escala internacional.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/858
ISSN: 0874-4548
Aparece nas colecções:DE - Documentos de trabalho / Working Papers

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
WP5-2009-DE.pdf563,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.