Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3314
Título: Trabalho infantil: representações sociais nos media
Autor: Macedo, Joana de Negrier Almeida e
Orientador: Silvestre, Maria João Fonseca Leitão Cunha
Palavras-chave: Trabalho Infantil
Representações nos Media
Protecção das Crianças
Exploração
Piores Formas e Sectores
Child Labour
Representation in the Media
Protection of Children
Exploitation
Worst Forms and Sectors
Data de Defesa: 25-Mai-2011
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Citação: MACEDO, Joana de Negrier Almeida e - Trabalho infantil: representações sociais nos media [Em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, 2011. Dissertação de Mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10400.5/3314>.
Resumo: O trabalho infantil é um fenómeno global que viola direitos fundamentais das crianças prejudicando a sua saúde e o seu desenvolvimento mental, físico, social e moral para além de as privar de frequentar a escola ou as obrigar a um abandono precoce. Nesta tese para além do enquadramento conceptual e jurídico essencial à delimitação do fenómeno propomo-nos analisar a representação social do trabalho infantil nos media portugueses durante o ano de 2008 com base nas categorias seleccionadas designadamente “Região”, “Sexo”, “Idade” e “Sector de Actividade”. Para o efeito utilizámos uma metodologia “mista” quantitativa e qualitativa. As principais conclusões deste estudo apontam para o seguinte: tendencial sazonalidade da prestação, associada às férias escolares; dominância no trabalho no domicílio e no trabalho artístico; predominância do grupo etário dos 14 aos 17 anos; maior incidência no Norte do território; valoração social negativa.
Child labour is a global phenomenon that violates fundamental rights of children arming their health and their mental, physical, social and moral as well as depriving them from attending school or forcing them to an early exit. In this thesis beyond the conceptual framework and legal framework essential to defining the phenomenon we will consider the social representation of child labour in the Portuguese media over the years of 2008 based on the selected categories such as "Region", "Sex ", "Age" and "Activity Sector. " To this end we used a 'mixed' methodology quantitatively and qualitatively. The main conclusions of this study indicate the following: seasonal trend of performance, linked to school holidays, the dominance at housework and artistic work; predominant age group from 14 to 17 years, higher incidence in northern territory; negative social valuation
Descrição: Dissertação de Mestrado em Sociologia das Organizações e do Trabalho
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3314
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE.pdf2,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.