Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2386
Título: Benefícios económico-sociais de uma nova tecnologia médica em Portugal
Autor: Góis, Maria Joana Pinto Gonçalves Ribeiro
Orientador: Godinho, Manuel Mira
Pinto, Carlos Gouveia
Palavras-chave: acidente vascular cerebral
monitorização de terapêutica
avaliação de programas de saúde
análise custo-benefício
avaliação de tecnologias
stroke
therapy monitoring
health care programs evaluation
cost benefit analysis
technology evaluation
Data de Defesa: Abr-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Góis, Maria Joana Pinto Gonçalves Ribeiro. 2010. "Benefícios económico-sociais de uma nova tecnologia médica em Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: Objectivo: Pretende-se com este estudo avaliar o benefício social líquido de três programas de monitorização da terapêutica de controlo para prevenção de fenómenos trombo-embólicos, nomeadamente AVC's - análise em laboratório, na consulta ou em auto-monitorização. Esta avaliação permite decidir sobre qual o melhor programa, do ponto de vista económico-social. Metodologia: Através de dados obtidos em questionários a doentes e junto do Hospital de Cascais, identificaram-se e quantificaram-se os custos e os benefícios em cada sector da sociedade - doente e sua família, hospital e outros sectores. Resultados: O benefício social líquido é maior e positivo no programa em que a monitorização da terapêutica é feita em Auto-Monitorização (1,373 M€). Nos restantes programas, os benefícios sociais líquidos são negativos: -1,714 M€ no programa em que a análise é feita no laboratório e -0,336 M€ no programa em que é feita na consulta. Conclusão: A tecnologia inovadora point-of-care, utilizada na Análise na Consulta e na Auto-Monitorização, permite que estes programas tenham maior benefício social líquido que o programa que utiliza a tecnologia clássica (Análise em Laboratório).
Objectives: This study's purpose is to evaluate the net social benefit of three programs of therapy control monitoring the thromboembolic phenomena prevention, namely strokes - laboratory analysis, analysis at the doctor's office or self-monitoring. This evaluation should create some insight on how to decide on the best program in the society's viewpoint.Methods: With the data obtained from questionnaires and at the Cascais' Hospital, the costs and benefits were identified and quantified in each society's sector - patient and family, health care sector and other sectors.Results: The net social benefit is positive and larger in the program in which the therapy control is self-monitored (1,373 M€). In the other programs, the net social benefits are negative: -1,714 M€ in the laboratory analysis program and -0,336 M€ in the analysis at the doctor's office.Conclusion: The new point-of-care technology, used in the analysis at the doctor's office and in self-monitoring programs, allows them to have larger net social benefits than the one using the laboratory analysis.
Descrição: Mestrado em Economia e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2386
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Joana Góis final.pdf969,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.